Você está aqui: Página Inicial cornelioprocopio Cursos Bacharelados Ofertados neste Câmpus Engenharia Mecânica

Engenharia Mecânica

- APRESENTAÇÃO

 

Histórico do Curso

O curso de Engenharia Mecânica do campus de Cornélio Procópio iniciou suas atividades no primeiro semestre de 2007, com uma turma de 22 alunos. Essa quantidade de ingresso de alunos passou para 44 alunos por semestre no ano de 2009, em virtude do projeto de reestruturação das universidades federais (REUNI) do Governo Federal. Esse projeto trouxe mais infra-estrutura, professores, máquinas e equipamentos para os laboratórios do campus.

 

Perfil do Egresso

Em função da estrutura curricular proposta pretende-se que o egresso do Curso tenha o seguinte perfil profissional:

  • Formação bastante sólida nas disciplinas básicas, garantindo que o profissional depois de formado tenha facilidade em acompanhar a evolução tecnológica;
  • Bom conhecimento na área de informática a ser utilizada como ferramenta pelo aluno durante o curso e pelo engenheiro em sua vida profissional;
  • Um forte conhecimento das disciplinas básica da área gerencial, possibilitando ao profissional tornar-se pró-ativo, com liderança e iniciativa, seja como empreendedor ou como gerente na área de engenharia;
  • Uma forte formação humanística para que o futuro profissional venha a tornar-se um engenheiro consciente de seu papel na comunidade e venha a ter um bom relacionamento humano no trabalho;
  • Um forte embasamento nos diversos conhecimentos que caracterizam os engenheiros mecânicos, proporcionados através das disciplinas profissionalizantes obrigatórias;
  • Uma boa formação através das disciplinas optativas permitindo um aprofundamento em áreas de interesse durante o desenvolvimento da sua graduação. Também permitirá que o profissional retorne à instituição e agregue competências que considere importantes a sua formação;
  • Uma visão multidisciplinar e interdisciplinar proporcionada pelo Trabalho de Conclusão de Curso;
  • Uma visão real da profissão proporcionada pelo Estágio Supervisionado de 360 horas;
  • A sua inserção e participação na vida comunitária através de projetos de interesse social e humano proporcionada através de atividades complementares ao curso;
  • A sua participação em atividades de iniciação científica;
  • Um bom desempenho nas aplicações de sua vida profissional, resultante da ênfase em atividades práticas (laboratório, aplicação ou simulação) desenvolvidas durante o curso.

 

Formação

O currículo tem por filosofia o fortalecimento da formação básica, a aplicação dos conhecimentos na área de informática, a atualização dos conteúdos na área de Gestão, Economia e Administração, conteúdos que atendam a formação humana, a atualização da formação profissional específica e disciplinas optativas, com separação por áreas de concentração. Em função do planejamento estratégico institucional e das ações definidas pelo planejamento do curso foram definidos os seguintes objetivos:

  • Formar um profissional generalista com habilitação na área de Mecânica que atenda as necessidades do mercado de trabalho regional e nacional;
  • Proporcionar ao profissional formado a competência para atuar em sistemas industriais complexos;
  • Proporcionar ao graduando uma forte formação em disciplinas na área de Mecânica;
  • Fornecer um embasamento sólido que permita ao aluno dar prosseguimento a seus estudos em pós-graduação;
  • Capacitar o graduado a trabalhar em sistemas industriais com uso intensivo de equipamentos eletromecânicos;
  • Atender a legislação profissional, habilitando o graduado a atuar em um amplo espectro da Engenharia Mecânica, com atribuições condizentes com as Resoluções relativas a atribuições profissionais do CONFEA – Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia;
  • Ser um curso completo, mantendo o forte embasamento técnico, mas ressaltando a formação humana e na área de gestão;
  • Ser um curso flexível permitindo ao aluno participar de programas de mobilidade acadêmica, de intercâmbios e de programas de dupla diplomação;
  • Permitir ao egresso do Curso a atualização constante, através de disciplinas optativas nas áreas de aprofundamento, facultando-lhe agregar novas competências e atribuições profissionais junto ao Sistema CONFEA/CREA’s.

 

Campo de Atuação

Conforme estabelecido na Resolução 1010 de 2005 do CONFEA, no seu artigo 8º: § 2º A atribuição inicial de título profissional, atividades e competências decorrerá, rigorosamente, da análise do perfil profissional do diplomado, de seu currículo integralizado e do projeto pedagógico do curso regular, em consonância com as respectivas diretrizes curriculares nacionais. Baseado nessas premissas define-se como atribuições profissionais ao concluinte do curso de Engenharia Industrial Mecânica, no campo de atuação profissional no âmbito da engenharia mecânica. (conforme o anexo II da resolução 1010/2005 do CONFEA):

  • Atividade 01 - Gestão, supervisão, coordenação, orientação técnica;
  • Atividade 02 - Coleta de dados, estudo, planejamento, projeto, especificação;
  • Atividade 03 - Estudo de viabilidade técnico-econômica e ambiental;
  • Atividade 04 - Assistência, assessoria, consultoria;
  • Atividade 05 - Direção de obra ou serviço técnico;
  • Atividade 06 - Vistoria, perícia, avaliação, monitoramento, laudo, parecer técnico, auditoria, arbitragem;
  • Atividade 07 - Desempenho de cargo ou função técnica;
  • Atividade 08 - Treinamento, ensino, pesquisa, desenvolvimento, análise, experimentação, ensaio, divulgação técnica, extensão;
  • Atividade 09 - Elaboração de orçamento;
  • Atividade 10 - Padronização, mensuração, controle de qualidade;
  • Atividade 11 - Execução de obra ou serviço técnico;
  • Atividade 12 - Fiscalização de obra ou serviço técnico;
  • Atividade 13 - Produção técnica e especializada;
  • Atividade 14 - Condução de serviço técnico;
  • Atividade 15 - Condução de equipe de instalação, montagem, operação, reparo ou manutenção;
  • Atividade 16 - Execução de instalação, montagem, operação, reparo ou manutenção;
  • Atividade 17 – Operação, manutenção de equipamento ou instalação; e
  • Atividade 18 - Execução de desenho técnico.

 

Regime

  • Integral/ Semestral

 

Duração do Curso

A matrícula é realizada por disciplina. O tempo normal para a conclusão do Curso corresponde a 10 semestres letivos (5 anos). A duração máxima é de 18 semestres letivos (9 anos).
A carga horária totaliza 4320 horas, das quais 1905 horas são de atividades práticas em laboratórios, empresas ou outros órgãos.
A carga horária total do Curso está estruturada da seguinte forma:

  • 3660 horas de aulas presenciais, sendo divididas da seguinte forma:
  • 3090 horas em disciplinas obrigatórias;
  • 480 horas em disciplinas optativas referentes às áreas de aprofundamento técnicoprofissionalizantes;
  • 240 horas em disciplinas optativas na área de Processos de Fabricação;
  • 240 horas em disciplinas optativas na área de Projetos Industriais;
  • 180 horas em disciplinas optativas na área de Automação;
  • 120 horas em disciplinas optativas na área de Instalações Industriais;
  • 180 horas em disciplinas optativas na área de Gestão da Produção
  • 90 horas em disciplinas optativas nos tópicos referentes a Humanidades;
  • 660 horas de atividades de síntese, integração e complementação dos conhecimentos, sendo:
    1. 360 horas dedicadas ao estágio profissional supervisionado;
    1. 120 horas previstas para o TCC – Trabalho de Conclusão de Curso;
    1. 180 horas para Atividades Complementares.

 

 

-  COORDENAÇÃO


Coordenador do Curso- Prof. Dr. Paulo Cézar Moselli

moselli@utfpr.edu.br coeme-cp@utfpr.edu.br

(43) 3520-4041

 

Coordenador de Atividade Complementar- Prof. Rubens Gallo

rubensgallo@utfpr.edu.br

(43) 3520-3919

 

Coordenador de Estágio- Prof. José Aparecido Lopes Junior

jjunior@utfpr.edu.br

(43) 3520-3916

 

Coordenador de Trabalho de Conclusão de Curso- TCC - Prof. Fernando Henrique de Oliveira Câmara

fernandocamara@utfpr.edu.br

(43) 3520-3917

 

Secretaria da Coordenação

seeccordcputfpr.edu.GIF

(43) 3520-4064

 

- SAIBA MAIS

 




Ações do documento