Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

Neste momento de transição, algumas atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Você está aqui: Página Inicial curitiba Estrutura do Câmpus Diretorias Diretoria de Pesquisa e Pós-Graduação Mestrado e Doutorado CPGEI Edital de Defesas 2018 CPGEI (Doutorado): Ayslan Trevizan Possebom - 15/06/18

CPGEI (Doutorado): Ayslan Trevizan Possebom - 15/06/18

Defesa Pública de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica e Informática Industrial
Quando 15/06/2018
das 09h00 até 12h00
Onde Sede Central: Sala B-205
Nome do Contato Cesar Augusto Tacla
Participantes Prof. Cesar Augusto Tacla , Dr. Orientador - UTFPR
Banca examinadora:
Prof. Cesar Augusto Tacla , Dr. Presidente - UTFPR
Prof. Leonelo dell Anhol Almeida , Dr. - UTFPR
Prof. Andre Pinz Borges , Dr. - UTFPR
Prof. Bráulio Coelho Ávila , Dr. - PUCPR
Prof. Fabiano Silva , Dr. - UFPR
Examinador suplente:
Prof. Gustavo Alberto Giménez Lugo, Dr. - UTFPR
Adicionar evento ao calendário vCal
iCal

Um modelo argumentativo computacional para tomada de decisão consensual baseado na formação de conhecimento comum

Resumo: Sistemas Multiagentes são formados por um conjunto de agentes inteligentes, cada qual com os próprios conhecimentos e objetivos a serem satisfeitos. Tais agentes, trocando mensagens entre si, aprendem uns com os outros. Sistemas de argumentação foram propostos com o objetivo de fazer com que os agentes possam interagir em um contexto social enviando e recebendo argumentos que representam o ponto de vista de cada um e que correspondam a justificativas ou explicações sobre alguma informação ou opinião. Argumentos são formados por um conjunto de premissas que levam a uma determinada conclusão por meio de mecanismos de inferência lógica. Os modelos baseados em argumentação permitem que os agentes troquem argumentos entre si e, de forma coletiva, tomem decisões em grupo. Esta tese aborda a questão social de tomada de decisão consensual por meio de diálogos que permitem aos agentes construírem conhecimento comum. Quando determinado argumento é apresentado ao grupo, calcula-se o nível de consenso sobre as fórmulas deste argumento, bem como a força intrínseca que representa o quanto este argumento em essência é conhecido e aceito pelo grupo de agentes. Em trabalhos correlatos ao tema, observa-se a inexistência de análise mais profunda quanto ao consenso sobre os argumentos, especialmente no que tange ao consentimento e à tomada de decisão consensual. Tais trabalhos tampouco apresentam meios para avaliação da aceitabilidade de argumentos consensualmente defendidos. A proposta da tese é baseada principalmente na identificação do nível de consenso do grupo de agentes a respeito das informações presentes em determinado argumento (premissa e conclusão) que pode produzir conhecimento comum. A força global dos argumentos indica o quanto tal argumento influencia na tomada de decisão. O objetivo da tese consiste em determinar, por meio do diálogo entre os agentes, os argumentos que melhor justificam determinada alternativa de decisão e a ordenação parcial das alternativas de acordo com a preferência do grupo. Com este objetivo, foi proposto um modelo para tomada de decisão consensual baseada em argumentação que leve em consideração: o conjunto de agentes com seus respectivos valores de expertise; o conjunto de possíveis alternativas de decisão; o conjunto de tabelas de diálogos, reservada uma tabela para cada alternativa de decisão e, por meio de um processo que mapeia as tabelas de diálogos para grafos de argumentação, a identificação da força global dos argumentos e a aplicação de semânticas de argumentação para que seja obtida a alternativa de decisão preferida pelo grupo. Vale ressaltar que o
resultado do modelo não conduz à melhor escolha, mas sim à eleita pelo grupo. Para concluir, apresenta-se uma análise comparativa da proposta com trabalhos afins.
Palavras-chave: consenso, tomada de decisão em grupo, argumentação, diálogo

A computational argumentative model for consensual decision-making based on the formation of common knowledge

Abstract: Multiagent System consists of a set of intelligent agents, each one with its own knowledge and goals to be satisfied. Those agents interact with each other exchanging messages and reasoning from the information in the interactions. Argumentation systems have been proposed in order to make the agents interact in a social context by sending and receiving arguments. These arguments represent a particular agent’s point of view, corresponding to a justification or explanation about any information or opinion. Arguments are built with a set of premises that lead to a given conclusion throught a mechanism of logical inference. Argumentation-based models allow agents to exchange arguments among themselves and make collaborative group decisions. This thesis addresses the issue of social decision-making by means of dialogues allowing agents for build common-knowledge. When an argument is sent to the group, the level of consensus on its formulas is identified, as well as its intrinsic strength that represents the extent in which the argument as a whole is known and accepted by the group of agents. In related works, it is observed that there is a lack of deeper analysis of the consensus on the arguments, especially in the case of consent and consensual decision-making. Those works do not either show how to evaluate the acceptability of arguments that are consensually supported. The proposal of this thesis is based mainly on the calculation of the consensus level of the group of agents regarding the information present in an argument (premisse and conclusion). The overall strength of the arguments indicates the extent an argument influences the decision making process. The objective of this thesis is to determine, by means of dialogues among the agents, which arguments best justify a given decision alternative and the partial ordering of these alternatives according to the preference of the group. With this objective, it was proposed a model for consensual decision-making based on argumentation that takes into consideration: a set of agents with their respective expertise values; a set of possible decision alternatives; a set of dialogue tables, one for each decision alternative, and through a process that maps the dialogue tables to argumentation graphs, the identification of the overall strength of the arguments and the application of argumentation semantics so that the group’s preferred decision alternative is obtained. It is worth pointing out that the result of the model leads not to the best choice, but rather to the choice preferred by the group. To conclude, it is presented a comparative analysis of this proposal with related works.
Keywords: consensus, group decision-making, argumentation, dialogue

Lista de publicações:

POSSEBOM, Ayslan T.; MORVELI-ESPINOZA, Mariela; TACLA, Cesar A. A Framework for the Consensus Decision-Making based on Arguments and Common Knowledge Formation. Acta Scientiarum. Technology, No prelo.

POSSEBOM, Ayslan T. Consensus Decision-Making using Argumentation. Proc. of the 16th International Conference on Autonomous Agents and Multiagent Systems (AAMAS 2017), p.1853-1854, São Paulo, Brasil.

POSSEBOM, Ayslan T.; MORVELI-ESPINOZA, Mariela; JOAY, Everson; TACLA, Cesar A. Formação do Consenso por meio de Diálogos Argumentativos em Sistemas Multiagentes. In: XIV Encontro Nacional de Inteligência Artificial e Computacional, ENIAC 2017, p.1–6 Uberlândia, Brasil.

POSSEBOM, Ayslan T. A Proposal for Consensual Decision Making using Argumentation. Proceedings of the 16th Workshop on Computational Models of Natural Argument, CMNA 2016, p.14–15, New York, EUA.

POSSEBOM, Ayslan T.; MORVELI-ESPINOZA, Mariela; TACLA, Cesar A. Protocolo para diálogos argumentativos no auxílio da decisão consensual em sistemas multiagentes. X Workshop-Escola de Sistemas de Agentes, seus Ambientes e Aplica-ções, WESAAC 2016. p.169–174, Maceió, Brasil.