Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Mestrado - Rodrigo Trevisani Juchen
conteúdo

Mestrado - Rodrigo Trevisani Juchen

por dirppg-ct publicado 19/08/2019 13h52, última modificação 19/08/2019 16h39
Método de coleta de dados para inventário de ACV Social
Quando
26/08/2019
de 09h30 até 12h30
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Ecoville: sala EK-102
Pessoa de contato
Profa. Cássia Maria Lie Ugaya
Participantes
Orientadora: Profa. Cássia Maria Lie Ugaya, Dra. - UTFPR
Banca examinadora:
Presidente: Profa. Cassia Maria Lie Ugaya, Dra.-UTFPR
Prof. Rafael Batista Zortea Dr. - IFSUL
Prof. Emílio Peres Facas, Dr. - UnB
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: O presente projeto de pesquisa é focado no desenvolvimento de indicadores sociais para serem utilizados nos estudos de Avaliação Social do Ciclo de Vida de Produto e Organizações. Na aplicação da ACV Social, o inventário tem sido feito de maneira desuniforme, sem meios claros da obtenção dos dados sociais e com uma disponibilidade de informação de produtos específicos muito escassa. Já que é importante uma coleta de dados confiável e completa para elaboração do Inventário Social, a qual possui rigor científico, procurando garantir acurácia e precisão, motiva a síntese deste trabalho. O objetivo é desenvolver um método de coleta de dados sociais para as cinco partes interessada sociais (stakeholder) para contribuir com o Inventário Social do Ciclo de Vida. Para tanto, será revisado sistematicamente os métodos de coleta de dados realizados em estudos de caso de ACV-S publicados em revistas científicas internacionais, comparando-os com alguns aspectos listados nas diretrizes de ACV-S da UNEP/SETAC (2009): análise de qualidade dos dados coletados, a aplicação da triangulação que ajuda na conclusão da categoria que está sendo analisada, definição de amostra geralmente estabelecido pelo grupo focal e partes sociais interessadas a serem avaliadas. Na revisão, foram observadas as características dos métodos utilizados em cada estudo. Os resultados apontaram que há distinções de cada método, como a priorização de diferentes partes interessadas ou até mesmo adaptações de partes não listadas nas diretrizes da UNEP/SETAC. Visto as deficiências e vantagens de cada método utilizado, é possível formular um método que contempla bons atributos e evita os vieses. Neste método proposto será abordado os aspectos listados pela UNEP e SETAC, incorporando-os em um protocolo de coleta de dados amplamente qualificado e usado pelas ciências sociais aplicadas, que contempla o passo-a-passo da coleta (protocolo de coleta), desde a concepção pelo pesquisador, passando pelos 5 questionários idealizados para as partes interessadas e matrizes de avaliação de qualidade. Para validar o método, um teste piloto foi realizado entre trabalhadores dos sacolões da prefeitura de Curitiba-PR, o qual foi compilado em um inventário social e permite a interpretação, com análise estatística, de certas características deste grupo piloto. O inventário foi composto pela coleta primária e secundária, por evidências que caracterizavam as subcategorias. Além disso, algumas subcategorias faltantes foram contempladas a partir de dados genéricos. O inventário é qualificado seguindo as regras de triangulação de informação e avaliados por critérios de qualidade. Por fim, a interpretação deste inventário foi analisada pela caracterização negativa ou positiva do dado coletado, apontando os possíveis pontos críticos sociais das empresas avaliadas. Este trabalho desenvolveu de um novo método para ACV-S, unificando as melhores técnicas de coleta de dados, exploradas por diversos trabalhos ao redor do mundo em um único método.
Palavras-chave: Estudo de caso, Inventário social, Validação de dados

Method of collecting data for Social LCA
Abstract: This research project is focused on the development of social indicators to be used in the Product Life Cycle and Organizations Social Assessment studies. In the application of Social LCA, the inventory has been made unevenly, with no clear means of obtaining social data and with a very scarce availability of specific product information. Since a reliable and complete data collection is important for the elaboration of the Social Inventory, which has scientific rigor, trying to guarantee accuracy and precision, it motivates the synthesis of this work. The goal is to develop a method of collecting social data for the five social stakeholders to contribute to the Social Life Cycle Inventory. To this end, we will systematically review the data collection methods performed in case studies of LCA-S published in international scientific journals, comparing them with some aspects listed in the UNEP / SETAC (2009) LCA-guidelines: analysis of quality of the data collected, the application of triangulation that assists in the conclusion of the category being analyzed, the sample definition generally established by the focus group and the social stakeholders to be evaluated. In the review, the characteristics of the methods used in each study were observed. The results indicated that there are distinctions of each method, such as the prioritization of different stakeholders or even adaptations of parties not listed in the UNEP / SETAC guidelines. Given the shortcomings and advantages of each method used, it is possible to formulate a method that has good attributes and avoids biases. This proposed method will address the aspects listed by UNEP and SETAC, incorporating them into a widely qualified data collection protocol used by the applied social sciences, which contemplates the step-by-step collection (collection protocol), since the conception by the researcher, passing through the 5 questionnaires designed for stakeholders and quality assessment matrices. To validate the method, a pilot test was carried out among workers from the city halls of Curitiba-PR, which was compiled in a social inventory and allows the interpretation, with statistical analysis, of certain characteristics of this pilot group. The inventory was composed by primary and secondary collection, by evidence that characterized the subcategories. In addition, some missing subcategories were covered from generic data. The inventory is qualified following the information triangulation rules and evaluated by quality criteria. Finally, the interpretation of this inventory was analyzed by the negative or positive characterization of the collected data, pointing out the possible social critical points of the evaluated companies. This work has developed a new method for ACV-S, unifying the best data collection techniques, explored by various works around the world into one method.
Keywords: Case study, Social inventory, Data validation

 

Lista de publicações:

IV Workshop de ACV-S: Interagindo com as ciências sociais. Bases de dados Genéricas e Qualidade de Dados. 2018. (Seminário).

VI Congresso Brasileiro sobre Getão do Ciclo de Vida. Avaliação de Métodos de coleta de dados específicos para estudos de ACV-S. 2018. (Congresso).

I Workshop de ACV da UFABC: Visão Social, Ambiental e Econômica.Base de dados genéricos de países para avaliação social de produtos e organizações. 2017. (Seminário).

6th International Social LCA Conference. Preliminary evaluation of data collection methods for SLCA studies. 2018. (Congresso).