Você está aqui: Página Inicial > Área Acadêmica > Egressos PPGTE
conteúdo

Egressos PPGTE

por ppgte-ct publicado 12/06/2019 16h42, última modificação 11/07/2019 16h43
Informações sobre os Egressos do Programa de Pós Graduação em Tecnologia e Sociedade.

Perfil do Egresso PPGTE

 Dos potenciais candidatos a essa estrutura e fluxo curricular espera-se que sejam pessoas afeitas aos estudos e/ou práticas que reflitam uma experiência crítica de apropriação, de produção, de difusão e de transformação da tecnologia e da ciência, e que levem em consideração as mudanças sociais. 
Aos egressos espera-se contribuir na formação de pesquisadores e profissionais qualificados para atuar criticamente como docentes, pesquisadores e profissionais em instituições de qualquer nível de ensino onde o estudo interdisciplinar da tecnologia se mostre relevante, ou ainda em quaisquer instituições ou organizações em que possam primar pela capacidade de interagir e estimular a introdução de mudanças, de mediações e de transformações tecnológicas no contexto do desenvolvimento social, regional, nacional e internacional. 
Salienta-se que a tendência de atuação do egresso do PPGTE, nos últimos cinco anos, é majoritariamente em instituições de ensino e pesquisa públicas ou privadas, seguidas do setor privado não acadêmico.
Durante o ano de 2016, foi feito uma pesquisa com egressos do Mestrado e do Doutorado do Programa buscando-se identificar de forma concreta o perfil dos formandos do PPGTE. A pesquisa com os egressos do Doutorado demonstrou a contribuição do programa com a formação para profissionais atuantes na educação básica e de ensino superior, pois mais de 80% dos formandos são oriundos de instituições de ensino. Desta abordagem, pode-se observar que os recém-doutores constituíram grupos de pesquisas como líderes ou fortalecerem grupos já existentes em suas instituições, mantendo ritmo de desenvolvimento de projetos com produções e orientações vinculadas a estes. Neste aspecto, mapeou-se que o perfil esperado está alinhado com o realizado, conforme exposto anteriormente. Dos egressos do doutorado até 2016, menos de 5% atuava em empresas e em torno de 10% em instituições de pesquisas ou em associações de classe, como a Federação da Indústria. Depreende-se, desses dados, a possibilidade de impacto no desenvolvimento de políticas públicas em ciência, tecnologia e inovação, área em que esses alunos desenvolveram suas teses. Destaca-se, igualmente que, 5% dos egressos tinha vínculo de bolsa de pós-doutorado. 
Pontualmente, como resultados para o egresso de Doutorado, mais de 60% responderam positivamente à possibilidade de alcance de novos postos de trabalhos e ao aumento da remuneração após o término do curso. Mais de 40% dos respondentes indicaram que, a partir da sua formação, puderem participar em projetos de desenvolvimento de melhorias na instituição e em torno de 20% que houve contribuição para a melhoria de sua condição de vida. Contudo, notou-se, pela predominância de docentes, que os egressos não ocupam cargos de liderança e não houve desenvolvimento de inovações. 
Nesses 21 anos de Programa foram quase 500 egressos do mestrado e desses 40% seguiu sua formação, realizando o doutorado no próprio PPGTE. Pode-se observar que os egressos do mestrado são de diversas organizações como instituições de pesquisa, instituições da administração pública, de ensino, empresas e organizações não governamentais. 
O vínculo acadêmico pode ser verificado pelo número de egressos que fizeram doutorado, tornaram-se editores de revistas, registraram aumento de produção bibliográfica e de produção técnica registrados nos Currículos Lattes dos próprios egressos, após o curso. 
Considerando a pesquisa realizada com os egressos, pode-se verificar que há uma aderência entre o perfil desejado do egresso e o concretizado. A maior integração e interação do PPGTE em associações e instituições nacionais e internacionais permitirão desenvolver espaços para que os egressos possam futuramente ocupar funções estratégicas e de liderança, bem como na consolidação de novos grupos de pesquisa em torno dessa temática. A enquete  realizada terá continuidade para acompanhamento dos novos egressos e para a integração dos demais às atividades do programa.