Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Doutorado - Claudia Bordin Rodrigues da Silva
conteúdo

Doutorado - Claudia Bordin Rodrigues da Silva

por dirppg-ct publicado 03/09/2019 10h20, última modificação 03/09/2019 10h20
Consciência e Ação em Design de Interação: Recursos e Práticas Educacionais Abertas para o Esperançar
Quando
13/09/2019
de 14h00 até 18h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala C-301
Participantes
Prof. Luiz Ernesto Merkle, Dr. Orientador - UTFPR
Profa. Marília Abrahão Amaral, Dra. Coorientadora - UTFPR
Banca Examinadora:
Prof. Luiz Ernesto Merkle, Dr. Presidente - UTFPR
Profa. Marília Abrahão Amaral, Dra. Presidente - UTFPR
Profa. Isabela Gasparini, Dra – UDESC
Profa. Natália de Lima Bueno, Dra - UTFPR
Profa. Marli Teresinha Everling, Dra - UNIVILLE
Profa. Ana Lúcia Santos Verdasca Guimarães, Dra. Suplente - UTFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: No contexto da educação em Design de Interação (DI), relacionada aos estudos em Design e da Interação Humano Computador (IHC), esta tese versa sobre as esperanças necessárias para uma educação crítica e para a liberdade, no que tange educação formal, por meio do pensamento pedagógico do educador Paulo Freire. A partir da perspectiva metodológica que intersecciona pesquisas qualitativas, dados institucionais de cursos, currículos e disciplinas, vivências a partir de práticas educativas nas áreas de design e computação, apresento um estudo de como se apresenta a educação formal em Design de Interação hoje no Brasil, identificando os conceitos de bancarismo. Por meio da teoria da ação antidialógica (FREIRE, 1968; 2016), a pesquisa retrata um mapa de como essa educação se apresenta de modo fragmentado, incorporando aspectos da dominação e da invasão cultural, orientada a separação, desunião e desumanização. Entende-se a necessidade de ampliação das mediações de apoio a estudantes e educadores/as, que permitam produzir coletivamente e na colaboração, superando os aspectos limites entre áreas formativas, a partir de uma visão ampliada sobre cultura e sociedade em seus aspectos humanizadores. Como recurso às esperanças coletivas e individuais do projeto, contribuo com um conjunto de recursos educacionais abertos, a partir de metodologias e abordagens freirianas, para a produção de conceitos humanistas nos estudos em ciência, tecnologia, sociedade e cultura (CTS), orientados a projetos, usos e reflexões sobre os artefatos digitais computacionais.

Palavras-chave: Educação; Design de Interação; Paulo Freire; Recursos Educacionais Abertos (REA); Pedagogia Crítica.

 

Interaction Design Consciousness and Action: Open Educational Resources and Practices for Hope.

Abstract: In the context of Interaction Design (ID) education, related to studies in Design and Human Computer Interaction (HCI), this thesis deals with the hopes needed for critical education and freedom, in relation to formal education, through the pedagogical thinking of the educator Paulo Freire. From the methodological perspective that intersects qualitative research, institutional data of courses, curricula and disciplines, experiences of educational practices in the areas of design and computing, I present a study of how formal Interaction Design Education is presented today in Brazil. Identifying the concepts of banking (bancarismo) through the theory of antidialogical action (FREIRE, 1968; 2016), this research portrays a map of how this education presents itself in a fragmented way, incorporating aspects of cultural domination and invasion, oriented towards separation, disunity and dehumanization. It is understood the need to broaden the support mediations for students and educators, enabling them to produce collectively and collaboratively, overcoming the border aspects between formative areas, from a broader view of culture and society in their humanizing aspects. As a resource for the project's collective and individual hopes, I contribute with a set of open educational resources (OER) and practices, based on Freire's methodologies and approaches, to the production of humanistic concepts in project-oriented studies about science, technology, society, and culture (STS) uses and reflections on digital computer artifacts.

Keywords: Education; Interaction Design; Paulo Freire; Open Educational Resources (OER); Critical Pedagogy.

 

Lista de Publicações

SILVA, Claudia Bordin; MERKLE, Luiz Ernesto; AMARAL, Marília Abrahão. Currículo vivo e outros currículos: Reflexões para uma educação viva e aberta em Design de Interação. Em: Workshop de Educação em Interação Humano Computador WEIHC. XVI Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais - IHC 2017. Joinville, outubro de 2017.

SILVA, Claudia Bordin; MERKLE, Luiz Ernesto; AMARAL, Marília Abrahão. REA*DI: recursos educacionais abertos em Design de Interação, a partir das concepções de uma educação para a liberdade, para a autonomia, para a esperança e para a solidariedade. Em: Workshop de Teses e Dissertações em IHC - WTD-IHC.  XVI Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais - IHC 2017. Joinville, outubro de 2017. 

SILVA, Claudia Bordin; MERKLE, Luiz Ernesto; AMARAL, Marília Abrahão. Projetar para a Esperança: Reflexões em design de interação sobre a obra de Paulo Freire.  Em: Workshop CAPA - Culturas, Alteridades e Participação em IHC.  XVI Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais - IHC 2017. Joinville, outubro de 2017.

SILVA, Claudia Bordin; MERKLE, Luiz Ernesto; AMARAL, Marília Abrahão. Em busca de novas práticas no ensino de webdesign: algumas reflexões sobre Design de Interação no curso de Tecnologia em Design Gráfico da UTFPR. Em: Workshop de Educação em Interação Humano Computador WEIHC. XIV Simpósio Brasileiro sobre Fatores Humanos em Sistemas Computacionais - IHC 2015. Salvador, outubro de 2015.