Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Doutorado - Lucas Bueno de Freitas
conteúdo

Doutorado - Lucas Bueno de Freitas

por dirppg-ct publicado 17/09/2019 08h55, última modificação 17/09/2019 08h55
“É que pra mim vocês são invisíveis”: relações de gênero em aulas de ciências do ensino fundamental
Quando
04/10/2019
de 08h30 até 12h30
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala C-301
Participantes
Profa. Lindamir Salete Casagrande, Dra. Orientadora - UTFPR
Banca Examinadora:
Profa. Lindamir Salete Casagrande, Dra. Presidente - UTFPR
Profa. Angela Maria Freire de Lima e Souza, Dra. - UFBA
Profa. Cintia de Souza Batista Tortato, Dra. - IFPR
Profa. Nadia Veronique Jourda Kovaleski, Dra. - UTFPR
Profa. Marília Gomes de Carvalho, Dra. - UTFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: O objetivo deste trabalho é analisar as manifestações de estereótipos de gênero, baseados na cultura patriarcal, nas relações entre meninas e meninos no cotidiano das aulas de ciências do 4º e 5º ano do ensino fundamental de uma escola municipal de Pinhais – PR. Tal objetivo foi delimitado a partir de um problema: o número inferior de mulheres em profissões científicas e tecnológicas. Das diferentes abordagens possíveis para explicar tal diferença numérica, optei pela educação básica, momento em que as crianças não estão definindo seu futuro profissional, porém são os primeiros passos do processo de aprendizagem que culminarão em tal definição. A metodologia escolhida para a pesquisa foi a de abordagem qualitativa, adotando métodos de estudos etnográficos. Uma vez elegida a escola para a pesquisa foi realizada a aplicação de um questionário com as crianças para conhecer a realidade profissional de suas famílias, seus sonhos profissionais e identificar o imaginário delas sobre uma pessoa que trabalha como cientista. Após um ano de presença em sala de aula, observando o que acontecia naquele espaço, elegi quatro categorias para análise: a primeira é uma análise de como as representações de gênero são manifestadas pelas crianças; a segunda é a análise da interação dessas representações com o saber científico sob o ministério e orientação da professora; a terceira analisa a relação de gênero durante os trabalhos em grupo proposto pelas professoras de ciências, nos quais as crianças têm maior liberdade e autogestão do conhecimento; a quarta e última categoria analisou os enfrentamentos e resistências expressos pelas meninas. A tese obtida após a realização da pesquisa é de que o patriarcado interfere no processo de ensino-aprendizagem das meninas, embotando padrões e estereótipos não condizentes com o desenvolvimento do conhecimento científico.

Palavras-chave: Educação, Gênero, Estudos Feministas, Ciência & Tecnologia, Ensino Fundamental.

 

"For me you are invisible": gender relations in elementary school's science class

Abstract: The aim of this paper is to analyze the manifestations of gender stereotypes, based on patriarchal culture, on the relationship between girls and boys in the daily science classes of the 4th and 5th grade of elementary school in a municipal school in Pinhais - PR. This objective was delimited from one problem: the lower number of women in scientific and technological professions. Of the different possible approaches to explaining this numerical difference, I opted for elementary school, when children are not yet defining their professional future, but are in the early stages of the learning process that will culminate in such a definition. The methodology chosen for the research was the qualitative approach, adopting methods of ethnographic studies. After choosing the school for the research, a questionnaire was conducted with the children, to know the professional reality of their families, their professional dreams and identify the children's imaginary about a person who works as a scientist. After a year of ethnography I chose four categories for analysis: the first is an analysis of how gender representations are manifested by children; the second is the analysis of the interaction of these representations with scientific knowledge under the teacher's ministry and guidance; the third analyzes this gender relationship during the group work proposed by science teachers, in which children have greater freedom and self-management of knowledge; the fourth and final category will analyze the confrontations and resistances expressed by girls. The thesis obtained after the research is that patriarchy interferes with the teaching-learning process of girls, with patterns and stereotypes that are not consistent with the development of scientific knowledge.

Keywords: Education, Gender, Feminist Studies, Science & Technology, Elementary School.

 

Lista de Publicações

FREITAS, Lucas Bueno e CASAGRANDE, Lindamir Salate. “Era só uma brincadeira!”: reflexões sobre bullying escolar e suas conseqüências. In.: LUZ, Nanci Stancki da e CASAGRANDE, Lindamir Salete (Org.). Entrelaçando gênero e diversidade: violência em debate. Curitiba: Ed. UTFPR, 2016.

FREITAS, Lucas Bueno; LUZ, Nanci Stancki. Gênero, Ciência e Tecnologia: estado da arte a partir de periódicos de gênero. Cadernos Pagu (UNICAMP), v. 49, p. 1, 2017.