Você está aqui: Página Inicial > Defesas > Mestrado - Julio Cezar Bernardelli
conteúdo

Mestrado - Julio Cezar Bernardelli

por dirppg-ct publicado 15/10/2019 09h35, última modificação 15/10/2019 09h35
O artesão da "feira do Largo da Ordem": quem é esse trabalhador?
Quando
06/11/2019
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-200)
Onde
Sede Central: Sala C-301
Participantes
Profª Drª Maria Sara de Lima Dias, Orientadora - UTFPR
Banca Examinadora:
Profª Drª Maria Sara de Lima Dias, Presidente - UTFPR
Profª Drª Marilene Zazula Beatriz - UTFPR
Profª Drª Dinamara Pereira Machado - UNINTER
Profª Drª Andrea Knabem - UFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: Este trabalho tem por objetivo descrever o artesão bem como os sentidos por ele atribuídos ao artesanato. Como objetivos específicos o questionamento da pesquisa aborda: Qual o sentido do trabalho do artesão curitibano? Qual a influência da tecnologia em seu processo de trabalho? Qual o planejamento do seu futuro profissional? Para se conhecer o artesão, a sua origem e o seu modo de trabalho o pesquisador teve como referencial o campo da Ciência Tecnologia e Sociedade (CTS) e o referencial teórico do materialismo histórico e dialético. Trata-se de uma pesquisa metodológica qualitativa na qual foram entrevistados 06 artesãos e 07 artesãs que expõem seus trabalhos na Feira do Largo da Ordem, que também registraram através de fotografias a influência da tecnologia em seu processo produtivo. Tanto as entrevistas como as fotografias foram submetidas ao procedimento de análise de conteúdo. Como resultados o sentido do trabalho do artesão pode-se afirmar pela tradição, pela realização pessoal e pelos valores familiares. Apesar das dificuldades encontradas pelos artesãos para sobreviver são inúmeras as gratificações que o mantém realizado no seu fazer. A influência da tecnologia no seu processo de trabalho tem pouca visibilidade ou utilização no seu fazer diário, sendo utilizada somente para cumprir tarefas repetitivas e observa-se grande cuidado para que esta tecnologia não afete a essência do artesanato. O futuro planejado ou não é manter-se ligado ao seu trabalho, e independente de qualquer amparo legal, pretendem continuar expondo seus produtos na feira. Apesar da evidente necessidade de sobrevivência pelo trabalho, no caso do artesão a questão da remuneração financeira é secundária, tendo em vista que a grande maioria deles se sente privilegiado por poder criar a partir do desenvolvimento da matéria prima sua artesania.

Palavras-chave: Artesão, tecnologia, trabalho.

 

The artisan of the "Largo da Ordem Fair": who is this worker?

Abstract: This work aims to describe the craftsman as well as the meanings he attributed to craftsmanship. As specific objectives the research questioning addresses: What is the meaning of the work of the curitiban artisan? What is the influence of technology on your work process? What is your future career planning? To know the artisan, his origin and his way of working, the researcher had as reference the field of Science Technology and Society (STS) and the theoretical referential of historical and dialectical materialism. This is a qualitative methodological research in which were interviewed 06 artisans and 07 artisans who exhibit their work in the Largo da Ordem Fair, of both sexes were interviewed, who also recorded through photographs the influence of technology in their production process. Both the interviews and the photographs were submitted to the content analysis procedure. As a result the sense of artisan's work can be affirmed by tradition, personal fulfillment and family values. Despite the difficulties encountered by craftsmen to survive, there are countless gratifications that keep them engaged in their work. The influence of technology on its work process has little visibility or use in its daily making, being used only to perform repetitive tasks and great care is taken so that this technology does not affect the essence of the craft. The future planned or not is to keep connected with their work, and regardless of any legal protection, intend to continue exposing their products at the fair. Despite the obvious need for survival through work, in the case of the artisan the issue of financial compensation is secondary, given that the vast majority of them feel privileged to be able to create from the development of the raw material their craft.

Keywords: Craftsman, technology, work.

 

Lista de Publicações

Bernardelli, J. Cezar.; Dias, M.S.de Lima. Os paradigmas sociotécnicos da educação: a evolução da relação educação/trabalho com o desenvolvimento tecnológico. Revista Organização Sistêmica - ISSN: 2316- - v. 8, n. 5 2016. Curitiba, 2019.