Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Doutorado): Giovanna Pezarico
conteúdo

PPGTE (Doutorado): Giovanna Pezarico

por vaniagalliciano publicado 20/11/2018 15h51, última modificação 21/11/2018 12h11
A casa, a terra e o mar: os objetos e os espaços no contexto da Pedagogia da Alternância
Quando
27/02/2014 08h30 até 28/02/2014 12h30 (America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala B-205
Pessoa de contato
Participantes
Prof. Gilson Leandro Queluz, Dr. - Orientador UTFPR
Profa. Maria de Lourdes Bernartt, Dra. - Co-orientadora UTFPR
Banca examinadora:
Prof. Gilson Leandro Queluz, Dr. - Presidente UTFPR
Profa. Maria de Lourdes Bernartt, Dra. - UTFPR
Profa. Sandra Barros Sanchez, Dra. - UFRRJ
Prof. Edival Sebastião Teixeira, Dr. - UTFPR
Prof. Leonel Piovezana, Dr. - UNOCHAPECÓ
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: A presente tese está inserida na temática Tecnologia e Sociedade. É a partir desta temática, que de modo mais específico, busquei esmiuçar as relações estabelecidas entre o objeto “Casa Familiar”, a terra e o mar como laboratórios, espaços técnicos concretos e simbólicos no contexto da Pedagogia da Alternância - PA. O estudo possuiu como objetivo principal analisar processos de apropriação técnica no contexto da Pedagogia da Alternância, a partir das interações entre espaços técnicos e objetos, vivenciadas em nove Casas Familiares Rurais – CFR´s e uma Casa Familiar do Mar – CFM, localizada na região Sul do Brasil, durante os anos de 2010 a 2013. Para tanto, alguns objetivos específicos foram construídos com a finalidade de criar as condições de aprofundamento necessárias para a constituição de um aparato teórico-metodológico que permitisse uma análise acurada e coerente com os propósitos da pesquisa. Foram elencados os seguintes objetivos específicos: a caracterização da Educação do Campo, no contexto da racionalidade de seus sujeitos; a sistematização em torno das origens da Pedagogia da Alternância, a partir de seus referenciais teóricos e metodológicos; a contextualização da técnica e da tecnologia e os diálogos com o campo; e por fim, a análise de algumas interações que se manifestam no quotidiano dos sujeitos de pesquisa que contemplam objetos e espaços técnicos elaborados e re(significados) pela diversidade de tempos e espaços atinentes à Pedagogia da Alternância. No intuito de atender às precauções metodológicas que orientaram o estudo, no que diz respeito ao seu prisma dialógico e do entendimento acerca das relações a partir dos códigos técnicos e designs inerentes ao contexto investigado, optou-se por diversas técnicas de pesquisa, tendo em vista a diversidade de sujeitos de pesquisa, quais sejam: professores, monitores, pais e jovens em formação. Dentre elas, destaca-se a realização de grupos focais, conduzidos sob a perspectiva das denominadas “colocações em comum”, entrevistas e estágios de vivências realizados junto às CFR´s e CFM. Há que se enfatizar ainda, que o referido estudo não objetivou estudos comparativos entre Casas Familiares, mas compreender as dinâmicas heterogêneas e identitárias que as compõem. Ante o exposto, em termos de sínteses, é possível considerar que tais dinâmicas estão amparadas numa pluralidade de elementos simbólicos e concretos que residem no bojo dos movimentos (políticos, culturais, religiosos) nos quais estão inseridos seus sujeitos. Isso significa dizer que a Pedagogia da Alternância não pode ser percebida como modalidade formativa descontextualizada, mas profundamente vinculada às articulações de seus sujeitos, das contradições e tensões estabelecidas entre o Estado e a até mesmo das concepções de fé que a orientam. Destaca-se, além disso, as singularidades em torno da construção, elaboração e apropriação dos objetos e espaços, cujos significados ou re(significações), códigos técnicos ou designs são atravessados por interações que se dão em espaços-tempos de tensões, contradições e resistências, e que dialogam permanentemente com as questões da técnica e da tecnologia.
Palavras-chave: Pedagogia da Alternância; Casa Familiar Rural e do Mar; Objetos e Espaços Técnicos.

House, sea and the land: the objects and the spaces in the context of Pedagogy of Alternating

Abstract: The thesis is embedded in the Technology and Society matter. From this issue that, in a more specific way, I tried to explain in details the relationship established between the object ‘’family house’’, having the land and sea as laboratories, concrete and symbolical technical fieldsin the context of the Pedagogy of Alternating – PA. The study had as main goal the examination of processes of technical appropriation in the context of the Alternating Pedagogy, based in the interactions between technical fieldsand objects, lived in nine Rural Family Houses – RFH and one Sea Family House – SFH, located in Brazil’s south region, between the years 2010 and 2013.Therefore, some specific goals were set, with the purpose of creating the necessary deepening conditions for the building of a theoretical-methodological apparatus that would allow a precise analysis coherent with the research objectives. Therefore, the following specific goals were settled: the characterization of the Countryside Education and the rationality of its subjects; the systematization in the origins of the Pedagogy of Alternating, as of its theoretical and methodological references; the contextualization of technique, technology and conversation with the countryside; and finally, the analysis of some of the interactions that show in the subjects of study’s daily, that take in account elaborated objects and technical fields and giving new meaning to the diversity of time by the diversity of time and space related to the Pedagogy of Alternating. With the intention of serving the methodological precautions that guide the study, in what concerns its dialogic prism and the understanding of the relations as of the technical codes and designs inherent to the searched context, a group of different methods of research were chosen, keeping in mind the diversity of the subjects of study, wich can be : teachers, monitors, parents or youths in education. Among them, highlights the accomplishment of focus groups, led under the perspective of the so called ‘’common emplacements’’, interviews and stages of life performed with the RFH’s and SFH’s. It is yet necessary to emphasize that the aforesaid study didn’t objective comparative studies between Family Houses, but to understand the heterogeneous and identity modeldynamics that put them together. In sight of the exposed, in terms of synthesis, it is possible to consider that those dynamics are sustained in a plurality of symbolical and concrete elements that dwell in the womb of the movements (political, cultural, religious), in which are placed in its subjects. That means that claiming that the Pedagogy of Alternating can’t be noticed as a non-contextualized formative modality, but deeply associated to the articulations of its subjects, of the contradictions and stresses between the State and eventhe conceptions of faith that guide it. Besides that, highlights the singularities about the construction, elaboration and appropriation of the objects and fields, whose meanings or re-meanings, technical codes or designs are crossed by interactions that occur in space-times of stresses, contradictions and resistences, that permanently dialogue with the issues of technique and technology.
Keywords: Pedagogy of Alternating; Rural and Sea Family Houses; Objects and Technical Fields.

Lista de publicações:

PEZARICO, G.; AGUIAR, A. M. L. ; QUELUZ, G. L. ; BERNARTT, M. L. . Agricultura Familiar: a heterogeneidade da racionalidade camponesa em diálogo com as práticas no Sudoeste do Paraná. In: Synergismus Scyentifica. Pato Branco - UTFPR, v. 6, p. 796, 2011.

PEZARICO, G. ; QUELUZ, G. L. ; AGUIAR, A. M. L. ; BERNARTT, M. L. . Tempos e Espaços: singularidades da Pedagogia da Alternância para pensar técnica e tecnologia. In: V Congresso Nacional de Tecnologia e Sociedade. Curitiba: UTFPR, 2013.

PEZARICO, G.; QUELUZ, G. L. ; BERNARTT, M. L. . Tecnologia, Pedagogia da Alternância e Desenvolvimento Regional: possibilidades de superação de saberes (des) conectados?. In: Seminário Internacional Apoio das Instituições de Ensino Superior ao Desenvolvimento Regional. Curitiba: UFPR, 2010.

PEZARICO, G.; QUELUZ, G. L. Pedagogia da alternância e tecnologia: diálogos a partir da racionalidade camponesa e da agricultura familiar. In: A pedagogia da alternância na formação da juventude rural: diálogos e experiências de ensino, pesquisa e extensão - Brasil, França, Espanha e África. Frederico Westphalen: URI (capítulo de livro - no prelo).