Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Doutorado): Rodrigo Müller
conteúdo

PPGTE (Doutorado): Rodrigo Müller

por ppgte-ct publicado 13/11/2018 09h56, última modificação 13/11/2018 09h56
As Redes de Conhecimento nas relações de cooperação interorganizacionais: uma abordagem sobre a relação entre universidade e empresa no cenário brasileiro
Quando
29/03/2018
de 09h30 até 09h30
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala B-205
Pessoa de contato
Profa. Faimara do Rocio Strauhs
Participantes
Profa. Faimara do Rocio Strauhs, Dra. Orientadora - UTFPR
Banca examinadora:
Profa. Faimara do Rocio Strauhs, Dra. Presidente - UTFPR
Prof. Decio Estevão Do Nascimento, Dr. - UTFPR
Prof. Hélio Gomes De Carvalho, Dr. - UTFPR
Prof. Luiz Marcio Spinosa, Dr. - PUC PR
Profa. Maria Beatriz Machado Bonacelli, Dra. - UNICAMP
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: A sociedade atual se mantém e se organiza em formato de rede, interconectando pessoas e organizações ao redor do mundo. Nestas novas formas de organização social, as empresas passaram a manter relações de cooperação em rede para otimizar a utilização de seu potencial e compartilhar riscos, recursos físicos e financeiros e, mais recentemente, compartilhar recursos de informação e de conhecimento. Um dos públicos com os quais as empresas passaram a realizar este tipo de atividade é composto pelas universidades, tradicionais polos do Conhecimento, e pelos grupos de pesquisa e seus respectivos pesquisadores. Neste contexto, surgiram as redes de conhecimento, vistas como conjuntos de atores heterogêneos que se unem para criar e compartilhar conhecimentos sobre temas e áreas variadas, que podem ser encontradas nos mais diversos setores da sociedade e também nas relações entre universidades e empresas. A partir destas delimitações, este estudo tem o objetivo de diagnosticar como se estabelecem as dinâmicas das Redes de Conhecimento no cenário brasileiro atual de relações de interação universidade-empresa em grupos de pesquisa selecionados no DGP com vistas a estruturação de modelos referenciais. A pesquisa pode ser caracterizada como de natureza aplicada e de abordagem fundamentalmente qualitativa. Quanto aos objetivos-macro, esta é uma pesquisa exploratória e descritiva, utilizando-se de métodos qualitativos e quantitativos para a coleta e para a análise dos dados, que foi baseada na metodologia de análise de conteúdo e utiliza-se também de estatística descritiva e inferencial. Os resultados do estudo indicam que as relações de cooperação entre universidades e empresas ocorrem no cenário nacional, embora em pequena proporção. Por outro lado, a questão das Redes de Conhecimento formadas nas relações universidade-empresa ainda é incipiente, de forma que foram encontrados poucos trabalhos científicos abordando a temática. Ainda, como características principais do processo, verificou-se que as interações partem, em geral, das universidades ou dos grupos de pesquisa, que desenvolvem projetos voltados para pesquisas aplicadas com as empresas com as quais cooperam. Verificou-se ainda um caráter bastante pessoal nessas relações, embora os participantes da pesquisa tenham apontado que a institucionalização destas redes legitimaria suas ações frente à sociedade. De outra parte, considerando os dados analisados, percebe-se que a formação e a manutenção de redes de conhecimento nas relações entre universidades e empresas têm o potencial de contribuir para o desenvolvimento pessoal dos indivíduos envolvidos no processo de cooperação, para o aprimoramento administrativo e organizacional das instituições participantes da rede e desenvolvimento econômico e social das regiões onde as redes se inserem.
Palavras-chave: Interação Universidade-Empresa. Redes de Conhecimento. Criação de Conhecimentos Interorganizacionais. Cooperação Interorganizacional. Redes de Conhecimento nas relações Universidade-Empresa.

The Knowledge Networks in interorganizational cooperation relations: an approach on the relationship between university and industry in the Brazilian scenario

Abstract: The present society is maintained and organized in a network format, interconnecting people and organizations around the world. In these new forms of social organization, companies began to maintain cooperative relationships in order to optimize the use of their potential and to share risks, physical and financial resources, and, more recently, to share information and knowledge resources. One of the publics which the companies started to carry out this type of activity is composed by the universities, traditional knowledge centers, and by the research groups and their respective researchers. In this context, knowledge networks has emerged, seen as groups of heterogeneous actors that unite themselves to create and share knowledge about themes and distinct areas, that can be found in the most diverse sectors of society and also in the relations between universities and industries. Based on these delimitations, this study aims to diagnose how Knowledge Network dynamics are established in the current Brazilian scenario of university-industry interaction relations in research groups selected in the General Directory of Research Groups in Brazil - DGP in the intention to structuring reference models. This research can be characterized as an applied nature and a fundamentally qualitative approach. Regarding the macro-objectives, this is an exploratory and descriptive research, using qualitative and quantitative methods for data collection and analysis, which is based on the methodology of content analysis and also uses descriptive and inferential statistics. The results of the study indicate that cooperative relations between universities and companies occur on the national scene, however in to a small percentage. On the other hand, the Knowledge Networks formed in the university-business relationship is still incipient, so that few scientific studies were found addressing this subject. Also, as main characteristics of the process, it was verified that the interactions begin usually from universities or research groups, which develop projects focused on applied research with the companies with which they cooperate. There was also a very personal character in these relations, although the participants of the research pointed out that the institutionalization of these networks would legitimize their actions against society. On the other hand, considering the analyzed data, it is perceived that the formation and maintenance of knowledge networks in the relations between universities and companies have the potential to contribute to the personal development of the individuals involved in the cooperation process, for the administrative and organization of the participating institutions of the network and economic and social development of the regions where the networks are inserted.
Keywords: University-Industry Interaction. Knowledge Networks. Interorganizational Knowledge Creation. Interorganizational Cooperation. Knowledge Networks in University-Industry Relationships

Lista de publicações:

MÜLLER, Rodrigo.; STRAUHS, F. R. ; QUEIROZ, J. V. ; SILVA, C. L. . Cooperative networks for innovation: a panorama of the Brazillian scenario between 2003 and 2011. RAI : Revista de Administração e Inovação, p. 41-51, 2016. 

MÜLLER, R.; RIPKA, A. ; STRAUHS, F. R. ; SILVA, C. L. . Dinâmicas Organizacionais na Sociedade em Rede: Cooperação Interorganizacional e Redes de Conhecimento. In: XI Jornadas Latino-Americanas de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia, 2016, Curitiba. Anais das XI Jornadas Latino-Americanas de Estudos Sociais da Ciência e da Tecnologia. Curitiba: UTFPR, 2016. 

MÜLLER, R.; STRAUHS, F. R. ; QUEIROZ, J. V. ; SILVA, C. L. . INOVAÇÃO EM REDE: A COOPERAÇÃO INTERORGANIZACIONAL NO CENÁRIO BRASILEIRO ? 2003/2011. In: XVI Congresso Latino-Iberoamericano de Gestão da Tecnologia, 2015, Porto Alegre. Anais do XVI Congresso Latino-Iberoamericano de Gestão da Tecnologia - ALTEC, 2015. 

MÜLLER, R.; SAUKA, J. E. ; STRAUHS, F. R. ; CARVALHO, H. G. . CONTRIBUIÇÕES DA GESTÃO DO CONHECIMENTO PARA AS INCUBADORAS DE EMPRESAS: UMA INVESTIGAÇÃO NAS INCUBADORAS TECNOLÓGICAS DA CIDADE DE CURITIBA, PR. In: XVI Congresso Latino-Iberoamericano de Gestão da Tecnologia - ALTEC, 2015, Porto Alegre. Anais do XVI Congresso Latino-Iberoamericano de Gestão da Tecnologia - ALTEC, 2015. 

RIPKA, A. ; MÜLLER, R. ; SILVA, C. L. ; STRAUHS, F. R. . A INTEGRAÇÃO UNIVERSIDADE-EMPRESA E A LEI DE INOVAÇÃO. In: XVI Congresso Latino-Iberoamericano de Gestão da Tecnologia, 2015, Porto Alegre. Anais do XVI Congresso Latino-Iberoamericano de Gestão da Tecnologia, 2015. 

MÜLLER, R.; STRAUHS, F. R. . Contribuições teóricas sobre o estudo de redes de conhecimento interorganizacionais. In: VI Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade - ESOCITE / TECSOC, 2015, Rio de Janeiro. Anais do VI Simpósio Nacional de Ciência, Tecnologia e Sociedade - ESOCITE / TECSOC, 2015.