Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Mestrado): Carla Prado Lima Silveira Vilela
conteúdo

PPGTE (Mestrado): Carla Prado Lima Silveira Vilela

por vaniagalliciano publicado 31/08/2018 16h18, última modificação 31/08/2018 16h18
Construções discursivas sobre o mundo do trabalho na obra Jorge, um brasileiro, de Oswaldo França Júnior
Quando
05/02/2015 18h00 até 05/01/2015 21h00 (America/Sao_Paulo / UTC-200)
Onde
Sede Central: Sala C-301
Pessoa de contato
Participantes
Profa. Angela Maria Rubel Fanini, Dra. Orientadora UTFPR
Banca examinadora:
Profa. Angela Maria Rubel Fanini, Dra. Presidente UTFPR
Prof. Jean Carlos Gonçalves, Dr. UFPR
Profa. Nívea Rohling da Silva, Dra. UTFPR
Prof. Gilson Leandro Queluz, Dr. UTFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: Esta dissertação consiste em uma análise dos discursos sobre o mundo do trabalho no romance Jorge, um brasileiro, de Oswaldo França Júnior, publicado em 1967. A pesquisa tem como embasamento teórico para o campo da linguagem e da literatura os conceitos de Mikhail Bakhtin e do Círculo, proposta que auxilia a perceber certas peculiaridades artísticas e composicionais da estrutura do romance, a partir da matriz dialógica como princípio constitutivo de todo discurso. Para o mundo do trabalho a pesquisa pauta-se nas reflexões de pensadores que contribuíram para um olhar mais crítico sobre essa temática na obra, como Marx e Engels, Lukács, Gorz, Marcuse e Antunes. Essa fundamentação teórica é um recorte do quadro de pensadores que se estudam no Projeto de Pesquisa “A formalização discursiva do universo do trabalho e da tecnologia em textos literários brasileiros”, do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia da UTFPR, a que se vincula esta dissertação. Os discursos sobre o trabalho são investigados a partir da dicotomia entre dois planos enunciativos ambivalentes no romance, o da sociedade capitalista, onde paira a exploração daquele que ganha o pão com o suor do rosto, e o do trabalho coletivo e socializado, que cria um universo simbólico sutil em que é possível o trabalho e as relações sociais carregarem sentidos mais humanos. O primeiro plano aponta para um certo fatalismo quanto à jornada do trabalhador que vende sua mão-de-obra na sociedade de mercado e, por mais que lute e se esforce, não logra romper com a hierarquização social ou ter uma vida mais emancipada. O segundo plano é tido simbolicamente como campo de resistência ao modelo produtivo hodierno, e apresenta uma arquitetônica dotada de certa positividade, pelo trabalho conjunto em interação com a natureza e pelos momentos comuns de lazer e auxílio mútuo entre os nove caminhoneiros, na jornada pelo interior de Minas Gerais. Aqui o trabalho é fator de socialização, o que confere uma forte crítica à sociedade capitalista, em que tudo funciona pela lógica da racionalidade econômica.
Palavras-chave: Romance nacional. Universo do trabalho. Análise dialógica da linguagem.

Discursive constructions on work in the novel Jorge, um brasileiro, by Oswaldo França Júnior

Abstract: This dissertation consists of a discourse analysis of the labor world in the novel Jorge, um brasileiro, by Oswaldo França Junior, published in 1967. This research is theoretically founded - for the field of language and literature – on the concepts of Mikhail Bakhtin and the Circle, which enables the perception of certain artistic and compositional peculiarities in the novel structure from the dialogic matrix as a constitutive principle of all discourse. This research builds on the reflections on the labor world by thinkers who contributed to a more critical look at this issue such as Marx and Engels, Lukacs, Gorz, Marcuse and Antunes. This theoretical foundation is an excerpt of the framework of thinkers who are studied in the research project "The discursive formalization of the labor and technology spheres in Brazilian literary texts", Graduate Technology Program from the UTFPR, which this dissertation is connected to. The discourses on labor are investigated considering the dichotomy between two ambivalent enunciation plans in the novel: the capitalist society, where the worker exploitation prevails, and the collective and socialized work, which creates a subtle symbolic universe in which labor and social relations can carry more human meanings. The foreground points to a certain fatalism in the journey of the worker who sells his workforce in the market society and, despite his strive, fails to disrupt social hierarchy or attain a more emancipated life. The background is taken symbolically as an area of resistance to today's production model, and presents an architecture endowed with some positivity through joint work in interaction with nature and through common leisure and mutual assistance moments among the nine truck drivers in the journey through inland Minas Gerais. Here, work is a socialization factor, which strongly criticizes the capitalist society where everything works according to the logics of an economic rationality.
Keywords: Nacional novel. Labor universe. Dialogical analysis of language.

Lista de publicações:

VILELA, Carla P. L. S.; FANINI, Angela M. R. A centralidade da linguagem e do trabalho em Quarto de Despejo. Línguas & Letras (Online), v. 15, p. 1-21, 2014. 

VILELA, Carla P. L. S ; MARQUES, Giosepphe. S. Construções Discursivas sobre o Trabalho no Conto 'O trem, a estação...todos os dias', de Jatobá. In: III SIED - Simpósio Internacional de Estudos Discursivos, 2014, ASSIS - SP. Anais do III SIED, 2014. 

VILELA, Carla P. L. S ; FANINI, Angela M. R. A centralidade da linguagem e do trabalho em Quarto de Despejo. In: 29o Encontro Nacional da Anpoll - ENANPOLL, 2014, Florianópolis. Anais do 29o Encontro Nacional da Anpoll - ENANPOLL, 2014. 

VILELA, Carla P. L. S.; FANINI, Angela M. R. Trabalho, linguagem e literatura: projeto de dissertação. In: IX Seminário do Trabalho, 2014, Marília - SP. Anais do IX Seminário do Trabalho, 2014. 

VILELA, Carla P. L. S . O Mal-Estar no Capitalismo. In: V Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade - TECSOC, 2013, Curitiba. Anais do V TecSoc, 2013. 

VILELA, Carla P. L. S.; FANINI, Angela M. R. Literatura e trabalho: o universo laborativo em Parque Industrial, de Patrícia Galvão. In: VIII Seminário Internacional do trabalho – UNESP. 2012, Marília, São Paulo. 

VILELA, Carla P. L. S.; FANINI, Angela M. R. Trabalho e tecnologia: semelhanças e diferenças na trajetória de vida dos personagens João Romão, de O cortiço e Paulo Honório, de São Bernardo. In: RETEC. Revista de Tecnologia, Ourinhos, São Paulo. V.4, p. 131-155, 2012.