Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Mestrado): Ingrid Steil Ferraz
conteúdo

PPGTE (Mestrado): Ingrid Steil Ferraz

por vaniagalliciano publicado 12/09/2018 10h05, última modificação 12/09/2018 10h05
Instituições públicas e os resíduos sólidos urbanos: o caso da associação dos catadores de materiais recicláveis unidos do bairro (ACUBA) - Curitiba-PR
Quando
06/06/2016
de 09h00 até 12h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala B-205
Pessoa de contato
Participantes
Prof. Eloy Fassi Casagrande Junior, Dr. Orientador - UTFPR
Banca examinadora:
Prof. Eloy Fassi Casagrande Junior, Dr. Presidente - UTFPR
Profa. Libia Patricia Peralta Agudelo, Dra. - EcoStudio - Solucoes Sustentaveis
Profa. Maclovia Corrêa da Silva, Dra. - UTFPR
Profa. Tamara Van Kaick, Dra. - UTFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: O objetivo desta dissertação foi revisitar o debate da gestão dos resíduos potencialmente recicláveis a partir do caso da associação dos catadores de materiais recicláveis unidos do bairro (ACUBA) - Curitiba-PR. Inicialmente foram reconstituídas as ações das instituições públicas com respeito à gestão dos resíduos sólidos urbanos na cidade de Curitiba-PR. Verificou-se o papel e as formas de participação das associações de catadores de materiais recicláveis no processo de gestão dos resíduos sólidos urbanos. Identificou-se caraterísticas, hierarquias e condutas na organização do trabalho da ACUBA. Foram elaborados um organograma e um fluxograma da organização da gestão dos resíduos e verificada a contribuição das associações de catadores de materiais recicláveis no processo de coleta, triagem e comercialização. O Programa Reciclagem e Inclusão Total – Ecocidadão, dirigido pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente de Curitiba-PR tem colaborado para as políticas de inclusão social dos catadores. Mas as medidas de inclusão ainda não são suficientes para mudar o estado de vulnerabilidade do tipo de trabalho que os catadores exercem, a discriminação no tratamento pessoal, a falta de respeito e os riscos de acidentes. Estas contradições estão sendo trabalhadas em nível de projetos, produtos, programas, técnicas, metodologias em Curitiba-PR, que visam minimizar as condições de precarização e informalidade no trabalho dos catadores.
Palavras-chave: Ecocidadão; Associação de catadores; ACUBA; Curitiba.

Public Institutions and the solid waste management: The case of the “Associação dos catadores de materiais recicláveis unidos do bairro (ACUBA)” - Curitiba-PR

Abstract: This study seeks to revisit the debate of the potential recyclable material’s management from the case of the association of recyclable material ACUBA, located in Curitiba-PR. Initially, the actions from the public power for recyclable material’s management in Curitiba-PR were reconstructed. The role and forms of participation from the collectors association on the solid waste management process. Characteristics, hierarchies and behaviors from the work organization on the ACUBA were identified. An organization chart and a flow were drawn up of the organization of the waste management and the contribution of the collectors association in the process of collecting, sorting and selling. The program “Reciclagem e Inclusão Total – Ecocidadão”, directed by the “Secretaria Municipal de Meio Ambiente” of Curitiba-PR has contributed to the social inclusion of the waste collectors policies. However, the inclusion measures are not sufficient to change the vulnerability state of the exercise of this kind of work, the discrimination on the personal personal treatment, the lack of respect and the risk of accidents. Those contradictions are being worked on projects, products, programs, techniques methodologies in Curitiba-PR, which aim to minimize the conditions of precariousness and informality in the work.
Keywords: Ecocidadão; Collectors Association; ACUBA; Curitiba.

Lista de publicações:

FERRAZ, Ingrid Steil; GOMES, Nivaldo; Kloss, Fabio; CASAGRANDE JUNIOR, Eloy Fassi, DA SILVA, Maclovia Corrêa. Avaliação do uso da primeira via calma em curitiba-pr para ciclomobilidade. In: URBE-2015-0147, 2016