Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Mestrado): Lilian Medeiros de Mello
conteúdo

PPGTE (Mestrado): Lilian Medeiros de Mello

por ppgte-ct publicado 30/10/2018 11h32, última modificação 19/11/2018 15h54
A Questão do Formalismo no Discurso Oficial da Educação Ambiental
Quando
02/10/2001
de 09h00 até 11h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sala C301 do CEFET-PR
Pessoa de contato
Dr. Ademar Heemann
Participantes
Dr. Ademar Heemann (Orientador)
Drª. Sonia Ana Leszczynski
Drª. Nadir Domingues Mendonça
Dr. Alberto Pucci Junior
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: O estudo objetiva identificar indícios de “formalismo idealizado” no discurso oficial da educação ambiental, com a intenção de oferecer ao processo de construção desse novo conhecimento um nível mais aprofundado de discussão. Entende-se por formalismo a dificuldade de se traduzir uma lei ou qualquer dispositivo legal para a realidade, não importando as razões que limitam a sua aplicabilidade. Para se verificar a existência desse traço no discurso, realizou-se uma interpretação do discurso oficial da educação ambiental, através da análise do conteúdo dos Parâmetros Curriculares Nacionais (que representam a base de inclusão do meio ambiente como tema transversal nos currículos escolares) e da Lei n .º 9.795/99, que dispõe sobre a educação ambiental. Confirmou-se a presença de formalismo no processo de elaboração e implementação dos PCNs bem como no seu discurso de renovação. Também foram identificados indícios de formalismo nos seguintes pontos do discurso ambiental: 1) nos princípios básicos e objetivos da educação ambiental, como a sustentabilidade, o conservacionismo e a mudança de valores; 2) nos meios utilizados para alcançar os objetivos propostos, como a interdisciplinaridade e a formação dos professores. Os dados obtidos apontam um expressivo distanciamento entre o discurso e a realidade da educação ambiental. A caracterização do formalismo serve de alerta para que a inclusão do tema meio ambiente nos currículos seja vista com cautela, não só pelo conteúdo contraditório que possa apresentar, mas pela forma como a mesma é conduzida.