Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Mestrado): Luizene Coimbra Cruzzulini
conteúdo

PPGTE (Mestrado): Luizene Coimbra Cruzzulini

por vaniagalliciano publicado 12/09/2018 10h23, última modificação 12/09/2018 10h23
Pró-Equidade de Gênero e Raça da Prefeitura Municipal de Curitiba: estratégia para superar a divisão sexual de trabalho em uma instituição pública?
Quando
15/08/2016
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala C-301
Pessoa de contato
Participantes
Profa. Nanci Stancki da Luz, Dra. Orientadora - UTFPR
Banca examinadora:
Profa. Nanci Stancki da Luz, Dra. Presidente - UTFPR
Profa. Maria Rosa Lombardi, Dra. - FCC
Profa. Cintia Tortato, Dra. - ITFPR
Profa. Marília Gomes de Carvalho, Dra. - UTFPR
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: O objetivo deste estudo foi analisar se o Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça da Prefeitura Municipal de Curitiba (PMC) alterou a percepção de servidoras(es) sobre a concepção de divisão sexual do trabalho. A divisão sexual do trabalho é o conceito que permitiu identificar e compreender as relações hierárquicas (princípio da hierarquização) baseado na atribuição de um valor social e econômico maior às ocupações masculinas em relação às femininas, além disso, considera o trabalho da mulher secundário e o seu salário complementar à renda familiar. E o princípio da separação identificando os lugares ocupados por homens e mulheres na instituição (trabalho produtivo) e no trabalho reprodutivo e doméstico concordando com a construção histórica e social que associa as mulheres a setores ocupacionais como o magistério, a saúde e assistência social, consideradas uma extensão das funções do cuidado na família, da afetividade e os homens às engenharias, à tecnologia da informação, ocupações relacionadas às ciências exatas associadas à razão, criando um viés de gênero nas relações de trabalho. Para identificar possíveis desigualdades de gênero no ambiente laboral comparou-se os vencimentos básicos iniciais de algumas carreiras, o processo de ascensão a cargos de chefia e a faixa salarial em que se encontravam servidoras e servidores na Prefeitura Municipal de Curitiba. Investigou-se também, a percepção de implementadoras e beneficiárias(os) do Programa, sobre a divisão sexual do trabalho. A metodologia empregada para a condução da investigação foi a pesquisa qualitativa de caráter interpretativo utilizando a entrevista estruturada e semiestruturada como instrumentos para coleta dos dados. As entrevistas foram divididas em dois grupos, a seguir: a) implementadoras do Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça e b) professoras(es) e engenheiras(os) beneficiárias(os). A análise dos documentos disponibilizados pela Secretaria de Políticas para as Mulheres da Presidência da República e pela Prefeitura Municipal de Curitiba complementou o caminho investigativo desta pesquisa. Traz como resultado a percepção das(os) servidores(as) beneficiários(as) e das implementadoras sobre uma política que prevê mudanças culturais na instituição e na gestão de pessoas. Cabe salientar que o programa prevê nos seus objetivos identificar as relações discriminatórias de raça, orientação sexual, geracional e da pessoa com deficiência que não foram analisados nesta pesquisa. Fator que possibilita a continuidade do processo investigativo e fica como sugestão para pesquisas futuras.
Palavras-chave: Divisão Sexual do Trabalho. Trabalho produtivo, doméstico e reprodutivo. Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça da PMC.

Pro-equity program of gender and race from Prefeitura Municipal de Curitiba (PMC): strategy to overcome the sexual division of labor in a public institution?

Abstract: The objective of this study was to analyze if the pro equity program of gender and race in the PMC, changed the perception of the servants on the conception of sexual division of labor. The sexual division of labor is the concept that allows identifying and understanding the hierarchical relations (principal of hierarchization) based on the attribution of social and economic value most male occupations in relation female, besides that, considerers the female work’s secondary and her salary supplement to the family income. And the principle of separation identifying the places occupies by man and woman in the institution (productive, reproductive, and domestic work) agreeing with the historical and social construction that associates woman to occupational sectors like “mastertship”, nursering and social assistance, considered an extension of the family functions like taking care and family affections. And the man is associate to engineer, technology information and occupations related to exact science all professions associate to reason, creating a bias of gender in labor relations. To identify possible inequalities of gender in the work ambiance, I have compared the initial basic duration of some careers, the ascension process to higher positions and the salary that both servants and servers in the PMC. Was also investigated the perception of implements and beneficiaries of the program, over the sexual labor division. The methodology used for conduct the investigation was the qualitative research interpretive character using the structured and semi structured interviewed as instruments of data collect. The interview was divided in two groups, to follow: a) implements of pro-equity program of gender and race and b) professors and engineers beneficiaries. The analyzes of documents provided by the Secretaria de Politícas para as Mulheres da Presidência da República and by the PMC complemented the investigative path of this research. Bring as result a perception of beneficiaries servants and implementing on a policy which provides for cultural changes in the institution and in the management of people. It should be noted that the program foresees that in its objectives identify the discriminatory relations of race, sexual orientation, generation and disable person who were not examined in this study. Factor that enables the continuation of the investigation process and is a suggestion for a future research.
Keywords: Sexual labor division. Productive, domestic and re-productive work. Pro-equity program of gender and race from PMC.

Lista de publicações:

CRUZZULINI, Luizene C. Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça na Prefeitura Municipal de Curitiba: acesso, permanência, remuneração e ascensão no emprego sem discriminação de sexo e raça.In: VI Seminário de Sociologia e Política - Releituras contemporâneas: Brasil na perspectiva das Ciências Sociais, Curitiba,2015.Disponível em: http://www.e-democracia.com.br/sociologia/anais_2015/index.php.

CRUZZULINI, Luizene C.Programa Pró-Equidade de Gênero e Raça na Prefeitura Municipal de Curitiba: contribuições para o trabalho decente e a redução de desigualdades de gênero. In: Anais do V Seminário Trabalho e Gênero e III Seminário Internacional do PPGCS, UFU,Uberlândia, 2014.