Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Mestrado): Patricia Gaspar -
conteúdo

PPGTE (Mestrado): Patricia Gaspar -

por vaniagalliciano publicado 21/08/2018 09h15, última modificação 21/08/2018 10h33
Relações entre Moda e o binômio Sustentabilidade e Territorialidade
Quando
27/08/2018
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala C-302
Pessoa de contato
Participantes
Prof. Décio Estevão do Nascimento, PhD. Orientador - UTFPR
Banca examinadora:
Prof. Décio Estevão do Nascimento, PhD. Presidente - UTFPR
Profa. Taisa Vieira Sena, Dr. - PUC/PR
Prof. Adriano Heeman, Dr. - UFPR
Profa. Faimara do Rocio Strauss, Dra. - UTFPR
Site
Visite o site do evento
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: A dissertação tem por objetivo analisar a relação entre moda e o binômio sustentabilidade e territorialidade. Para tanto, foi realizada uma pesquisa aplicada, descritiva e bibliográfica, em que foi utilizada a pesquisa bibliométrica para a seleção do portfólio das contribuições teóricas. Para coleta, organização e tratamento dos dados da pesquisa foi realizada a técnica da Análise de Conteúdo que possibilitou a definição de categorias de análise nos eixos temáticos da moda, da sustentabilidade e da territorialidade. Como resultado das relações entre as categorias de análise, foi possível concluir que – enquanto dependerem do aumento quantitativo da produção - os sistemas produtivos da moda serão incompatíveis com o desenvolvimento local sustentável. Para que sejam capazes de atender as demandas sociais e ambientais, é necessário que os novos arranjos tecnológicos estejam orientados pelo conceito da qualidade social. No contexto do desenvolvimento local sustentável, a territorialidade pode ser utilizada como base diferencial não somente para o design do produto, mas também para a identificação de nichos que surgem a partir das dinâmicas locais. A territorialidade e a sustentabilidade são dimensões que se unem à moda na medida em que os sistemas produtivos se alinham à filosofia slow fashion que - ao promover o localismo, a autenticidade e a equidade nas relações de trabalho – transforma as bases estruturais do negócio da moda, compatibilizando os ciclos de produção e consumo aos tempos das pessoas e do meio ambiente.
Palavras-chave: Moda; Sustentabilidade; Territorialidade