Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Mestrado): Ricardo Gomes Luiz
conteúdo

PPGTE (Mestrado): Ricardo Gomes Luiz

por vaniagalliciano publicado 19/09/2018 16h35, última modificação 19/09/2018 16h35
Conservação da biodiversidade, cultivo e produção de erva-mate no município de São Mateus do Sul - PR
Quando
15/12/2017
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-200)
Onde
Sede Central: Sala B-205
Pessoa de contato
Participantes
Profa. Maclovia Correa da Silva, Dra. Orientadora - UTFPR
Banca examinadora:
Profa. Maclovia Correa da Silva, Dra. Presidente - UTFPR
Prof. Christian Luiz da Silva, Dr. - UTFPR
Prof. Marcos Gerhardt, Dr. - UPF
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: A conservação da biodiversidade é uma proposta mundial promovida pela Organização das Nações Unidas (ONU), a qual registra a redução da diversidade das espécies e ecossistemas em todo o Planeta. Cada país é responsável por seus recursos biológicos. O Brasil é signatário da Convenção sobre Diversidade Biológica desde 1994. Sua responsabilidade se estende por biomas como a Amazônia, Pantanal, Cerrado, Caatinga, Campos e a Mata Atlântica, além das áreas marinhas. Este trabalho está inserido no contexto da Floresta com Araucária, situada no sul do Brasil. Associada à Mata Atlântica, ali vivem pinheiros, imbuias, ipês, canelas e a erva-mate, além de uma variada fauna. Em processo de trocas de áreas de floresta por áreas de cultivo, o governo brasileiro cria estratégias legais para conservar as áreas remanescentes, como é o caso daquelas existentes no município de São Mateus do Sul-PR. As argumentações para embasar este contexto de perda de biodiversidade e das externalidades provêm dos estudos de Ciência, Tecnologia e Sociedade, os quais desenvolvem conceitos relevantes para estabelecer as relações entre as ações humanas e a manutenção da biodiversidade. O objetivo geral do estudo é analisar os conflitos, as contradições e consensos que interferem na conservação da diversidade biológica e nas formas de cultivo da erva-mate produzida no município de São Mateus do Sul-PR. Os procedimentos metodológicos recorrem à análise da percepção e coleta de dados por meio de observação, entrevistas e depoimentos. A pesquisa é de natureza qualitativa, descritiva e bibliográfica.
Palavras-chave: Conservação da biodiversidade. Mata Atlântica. Floresta com Araucária. Erva-mate. São Mateus do Sul – PR.

Biodiversity conservation, cultivation and production of yerba-mate in the municipality of São Mateus do Sul - PR

Abstract: Biodiversity conservation is a worldwide proposal promoted by the United Nations, which records the reduction of species diversity and ecosystems across the planet. Each country is responsible for its biological resources. Brazil has been a signatory to the Convention on Biological Diversity since 1994. Its responsibility extends to biomes such as the Amazon, Pantanal, Cerrado, Caatinga, Campos and the Atlantic Forest, as well as marine areas. This work is included in the context of the Araucária Forest, located in the south of Brazil. Associated with the Atlantic Forest, there live flora like Brazilian-pine, imbuias, ipês, canelas and yerba mate, besides a varied fauna. In the process of exchanging forest areas for cultivated areas, the Brazilian government creates legal strategies to conserve the remaining areas, as is the case of those existing in the municipality of São Mateus do Sul-PR. The arguments to support this context of loss of biodiversity and externalities come from the studies of Science, Technology and Society, which develop relevant concepts to establish the relations between human actions and the maintenance of biodiversity. The general objective of the study is to analyze the conflicts, contradictions and consensuses that interfere in the conservation of the biological diversity and in the forms of cultivation of yerba mate produced in the municipality of São Mateus do Sul-PR. The methodological procedures use the analysis of perception and data collection through observation, interviews and testimonials. The research is qualitative, descriptive and bibliographic.
Keywords: Biodiversity conservation. Atlantic forest. Araucaria forest. Yerba-mate. São Mateus do Sul - PR

Lista de publicações:

LUIZ, Ricardo G.; SILVA, Maclovia C. As interfaces entre a História Ambiental da Floresta com Araucária e os Estudos Ciência, Tecnologia e Sociedade. XXIX Simpósio Nacional de História - contra os preconceitos: história e democracia, 2017, Brasília.Disponível em: < http://www.snh2017.anpuh.org/ resources/anais/54/1502924258_ ARQUIVO_Artigo_ST_Historia_ Ambiental-20170816.pdf >. Acesso em: 09 set. 2017.

LUIZ, Ricardo G.; SILVA, Maclovia C. A Conservação da Floresta com Araucária como Aspecto da Produção e Gestão Ambiental das Empresas Ervateiras. VII Congresso Sul-Americano da Erva-Mate, 2017, Erechim. 16-18 maio 2017. p.22.Disponível em: < http://www.uricer.edu.br/img_ noticia_usuario/leafaR/ ErvaMate/anais_erva_mate_2017. pdf >. Acesso em: 25 set. 2017.

LUIZ, Ricardo G.; SILVA, Maclovia C. Embedding business and biodiversity in the environmental agenda. 4th Responsible Management Education Research Conference, 2017c, Curitiba. 13-14 set. 2017.Disponível em: < http://rmeconference.com/ submission/proceedings/resumo. php?cod_trabalho=137 >. Acesso em: 17 out. 2017.

LUIZ, Ricardo G.; SILVA, Maclovia C. da. Remanescentes de Floresta com Araucária na Região Centro-Sul do estado do Paraná e os sentidos de fronteira. Expedições: Teoria da História & Historiografia, v. 7, n. 2, p. 142-155, 2016. Disponível em: < http://www.revista.ueg.br/ index.php/revista_geth/ article/view/5670 >. Acesso em: 09 set. 2017.

LUIZ, Ricardo Gomes; LABIAK JUNIOR, Silvestre; SILVA, Maclovia Correa da. Empresas e biodiversidade: conhecimento para possibilitar maior abrangência das ações de sustentabilidade. VII Congresso Internacional de Conhecimento e Inovação (ciKi) 2017, Foz do Iguaçu. 2017-09-06.Disponível em: < http://proceeding.ciki.ufsc. br/index.php/ciki/article/ view/168 >. Acesso em: 12 set. 2017.

LUIZ, Ricardo Gomes; SILVA, Maclovia Corrêa. A importância da participação de agências fomentadoras para inovação e inserção de ações de conservação da biodiversidade na gestão ambiental de empresas. XI JORNADAS LATINOAMERICANAS DE ESTUDOS SOCIAIS DA CIENCIA E DA TECNOLOGIA, ESOCITE 2016, 2016a, Curitiba.Disponível em: < http://www.esocite2016.esocite.net/resources/anais/6/ 1472652820_ARQUIVO_Final_Art_ Esocite_RICARDO_GOMES-LUIZ_e_ MACLOVIA_CORREA_SILVA.pdf >. Acesso em: 30 set. 2016.