Você está aqui: Página Inicial > Defesas > PPGTE (Mestrado): Thais Mannala
conteúdo

PPGTE (Mestrado): Thais Mannala

por vaniagalliciano publicado 04/09/2018 11h49, última modificação 04/09/2018 11h49
Melindrosas e Garotas: representações de feminilidades nos traços de J.Carlos (1922-1930) e Alceu Penna (1938-1946)
Quando
27/02/2015
de 14h00 até 17h00
(America/Sao_Paulo / UTC-300)
Onde
Sede Central: Sala C-302
Pessoa de contato
Participantes
Profa. Marilda Lopes Pinheiro Queluz, Dra. Orientadora UTFPR
Banca examinadora:
Profa. Marilda Lopes Pinheiro Queluz, Dra. Presidente UTFPR
Profa. Marinês Ribeiro do Santos, Dra. UTFPR
Profa. Maria Lúcia Buher Machado, Dra. IFPR
Profa. Raquel Barros Pinto Miguel, Dra. UFSC
Adicionar evento ao calendário
iCal

Resumo: No presente trabalho serão analisadas representações de feminilidades em dois periódicos distintos: as Melindrosas na revista Para Todos... e a coluna Garotas na revista O Cruzeiro. Os recortes compreendem os anos de 1922 a 1930 para as Melindrosas e de 1938 a 1946 para as Garotas, privilegiando uma sequência entre cada, as décadas subsequentes, de modo a entender como as representações de feminilidades se modificaram ou se mantiveram. Interessa também investigar de que maneira o humor e a visualidade contribuíram para normatizar papéis e relações entre gêneros, em conjunto com políticas públicas. As revistas visavam trazer a identificação com discursos hierarquizantes, atuando como pedagogia de gênero. Contudo, percebe-se que o humor buscou, nas fissuras das representações, a dupla moral, na qual as mulheres negociavam espaços de atuação e liberdade. Tanto Melindrosas quanto Garotas possuíam táticas de convencimento e de sedução que as levaram a realizar desejos e a conquistar alguns de seus objetivos. Estes tipos de feminilidade não poderiam ser intituladas como inocentes ou ignorantes, mas sim conscientes da sua posição social, tentando, na maioria das vezes, reverter as situações em benefício próprio.
Palavras-chave: Melindrosas e J.Carlos, Garotas e Alceu Penna, Representações de feminilidade, Memória Gráfica, humor.

Flappers and Garotas: representations of femininity on the traits of J.Carlos (1922-1930) and Alceu Penna (1938-1946).

Abstract: In the present work femininities representations will be analyzed in two separate journals: the flappers in the magazine Para Todos… and the Garotas column in the magazine O Cruzeiro. The cuts include the years 1922 to 1930 for sensitive and 1938-1946 for Garotas, giving priority a sequence between each subsequent decade, in order to understand how representations of femininity have changed or remained. Interests also investigate how humor and visuality contributed to regulate roles and gender relations, in conjunction with public policy. Magazines aimed to bring identification with hierarchized speeches, acting as gender pedagogy.
However, it’s possible see that humor sought in the fissures of the double moral representations, in which women negotiating spaces of action and freedom. Both flappers as Garotas had tactics of persuasion and seduction that led them to grant wishes and win some of your goals. These types of femininity could not be entitled as innocent or ignorant, but conscious of their social position, trying, in most cases, reverse the situations for their own benefit.
Keywords: Flappers and J.Carlos, Garotas and Alceu Penna, Representations of femininity, Graphic Memory, humor.

Lista de publicações:

MANNALA, T. ; QUELUZ, M. L. P. . Representações de feminilidades nas Melindrosas de J.Carlos. In: Viñetas Serias:Tercer congreso internacional de historieta y humor gráfico, 2014, Buenos Aires. Viñetas Serias:Tercer congreso internacional de historieta y humor gráfico, 2014. 

MANNALA, T. ; QUELUZ, M. L. P. . Melindrosas e Garotas: representações de feminilidades nos traços de J.Carlos e de Alceu Penna. In: Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 Desafios Atuais dos Feminismos, 2013, Florianópolis. Seminário Internacional Fazendo Gênero 10 Desafios Atuais dos Feminismos, 2013. 

MANNALA, T. ; QUELUZ, M. L. P. . As Melindrosas de J. Carlos na revista Para Todos... entre 1922-1930. In: V Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade, 2013, Curitiba. V Simpósio Nacional de Tecnologia e Sociedade: ciência, tecnologia e cultura. Outro desenvolvimento é possível?, 2013. p. 676-683. 

RIBEIRO DOS SANTOS, MARINÊS ; MANNALA, THAÍS . Modernidade e visualidade no projeto editorial da revista O Cruzeiro (1928-1945). Visualidades (UFG), v. 11, p. 149-171, 2014.