Aviso: Você está visitando a nossa página antiga, por isso algumas informações podem estar desatualizadas.

Para saber mais sobre a Instituição, acesse o novo Portal da UTFPR

UMIPTT

Unidade comemora um ano de instalação e inaugura nova sede
UMIPTT

Momento solene do desenlace do painel de indicação

A Unidade Mista de Pesquisa e Transferência de Tecnologia (UMIPTT) do Sudoeste do Paraná inaugurou nesta sexta-feira, dia 01 de setembro,  a sede administrativa, na UTFPR Câmpus Francisco Beltrão. O espaço será destinado para fisicamente alocar os servidores da Embrapa designados para trabalhar na unidade, assim como, sede de reuniões e trabalho dos demais pesquisadores ligados à unidade

A data também marcou o aniversário de um ano de criação da Unidade que é uma junção de pesquisadores de 16 entidades com o objetivo de realizar pesquisa e transferência tecnológica, inicialmente nas áreas de leites, hortifrutigranjeiros, agroindústria e sucessão familiar. A UMIPTT do Sudoeste do Paraná é a primeira implantada no Brasil a trabalhar com este tipo de cooperação e poderá ser modelo para a criação de novas unidades.

A UMIPTT foi instalada oficialmente em Francisco Beltrão no dia 24 de junho de 2016. A sede administrativa até o momento funcionava em um prédio cedido pela UTFPR. Com a inauguração, as reuniões dos Conselhos bem como a parte administrativa dos projetos e pesquisas serão desempenhados no novo local.

Inauguração

Durante o ato oficial, fizeram a frente de honra a vice-reitora da UTFPR, Vanessa Ishikawa Rasoto, o chefe-geral da Embrapa Clima Temperado, Clenio Pillon, o presidente do Iapar, Florindo Dalberto, o deputado federal Assis do Couto, o coordenador do Comitê de Gestão Estratégica da Umiptt, Paulo Czkalskik e a presidente da Câmara de Vereadores de Francisco Beltrão, Elenir Maciel. Eles também foram os responsáveis, juntamente com um representante de cada uma das entidades que compõe a unidade, em desenlaçar o painel de indicação, símbolo do ato solene.

A vice-reitora da UTFPR destacou que “temos a honra em sediar essa Unidade e a nossa universidade não poupará esforços para que esta ação venha a ser modelo muito bem sucedido e faça não só a diferença regional, mas também nacional e mundial”, destacou Vanessa.

O coordenador do Comitê de Gestão Estratégica da UMIPTT destacou que muitos esforços e trabalhos são de longa data e não apenas do último ano “estarmos construindo essa unidade de pesquisa onde possamos olhar um pouco para a realidade da agricultura familiar, olhar para a realidade dos nossos municípios do sudoeste e poder desenvolver pesquisas que venham atender nossos agricultores é muito importante”, destacou.

Já o chefe-geral da Embrapa esclareceu que “fizemos questão de trazer pesquisa para somar esforços, articular e melhorar a governança institucional e ajudar a construir ações que promovam desenvolvimento regional". Não faz nenhum sentido existir academia, institutos e outras organizações se esse conhecimento não estiver a serviço do desenvolvimento espaço territorial, e é nisso que vamos trabalhar, finalizou Pillon.

Para Florindo Dalberto o projeto “agrega a pluralidade, diversidade, é uma grande aliança trabalhando com sinergia, através da união de esforços. Não se trata apenas de pesquisa e inovação, se trata de exercitar e construir o conceito de inteligência territorial estratégica, pois estamos focados em cima de uma região, é o que vai dar sentido a nossa presença, de todos os ativos na região”, enfatizou o presidente do IAPAR.

O Deputado Federal, Assis do Couto, afirmou que é “muito importante estar confraternizando essa iniciativa que é grande em sua concepção e capacidade de construir a unidade. A UMIPTT representa a possibilidade de avançarmos mais na produção e transferência de tecnologia com menos investimento, unindo os esforços de todos”.

Em sua fala a Presidente da Câmara Municipal dos Vereadores de Francisco Beltrão, Elenir Maciel, destacou que espera que a agricultura se desenvolva de maneira tecnológica mas que também conserve o meio ambiente para as futuras gerações.

A Obra

A nova sede da UMIPTT possui aproximadamente 100 metros quadrados de área e foi executada em Steel frame, um sistema construtivo ecologicamente correto e inovador no Brasil. São placas de OSB estruturadas com perfis de aço galvanizado. No Brasil alguns grandes centros já utilizam esse sistema construtivo, que é muito comum nas edificações dos Estados Unidos, Canadá, Europa e Ásia. A UMIPTT possui ainda sistema de coleta e aproveitamento de águas pluviais.

umiptt


Fonte: ASCOM - UTFPR-FB

Atualizado em 02/09/2017

Ações do documento