Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

As atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Você está aqui: Página Inicial doisvizinhos Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias Alunos e professores da UTFPR Campus Dois Vizinhos visitam a cooperativa Cooper-União

Alunos e professores da UTFPR Campus Dois Vizinhos visitam a cooperativa Cooper-União

Alunos e professores da UTFPR Campus Dois Vizinhos visitam a cooperativa Cooper-União

Comunidade participante

No último sábado (29/05) cinquenta e dois alunos dos cursos de Zootecnia, Tecnologia em Horticultura e Técnico em Agropecuária visitaram a cooperativa Cooper-União, localizada no assentamento Conquista da Fronteira, em Dionísio Cerqueira - SC. Os estudantes foram acompanhados pelos professores Sidemar Presotto Nunes, Serinei Cesar Grigolo, Celso Eduardo Pereira Ramos e Magnos Fernando Ziech.

A Cooper-União é uma cooperativa formada exclusivamente por agricultores do assentamento Conquista da Fronteira. Foi constituída em 1990, dois anos após a constituição do assentamento. Atualmente é formada por 60 famílias e 216 pessoas, das quais 130 trabalham na própria cooperativa.

A cooperativa possui área de 1.198 hectares e produz grãos (soja e milho), frangos, leite, erva-mate, peixes, além de produção para subsistência (hortaliças e frutíferas). A cooperativa possui um frigorífico para o abate de frangos, que atualmente é a principal atividade econômica. Os frangos são diferenciados por serem abatidos após 50  55 dias de vida, garantindo maior consistência e conferindo melhor sabor à carne.

O leite produzido no assentamento é industrializado no município de São Miguel do Oeste na Cooper-Oeste, uma central das cooperativas da reforma agrária da região. Ambos os produtos (frangos e leite) são comercializados com a marca Terra Viva.

Além do nível de organização e do bom nível de desenvolvimento das famílias do assentamento, o que chama atenção é o trabalho coletivo. Todas as atividades são desenvolvidas pelos próprios assentados e todos meios de produção (máquinas, equipamentos, instalações, terra, etc.) são coletivos. A cooperativa assegura a produção alimentar, saúde, educação e lazer aos assentados e divide as sobras de acordo com o número de horas trabalhadas por cada um de seus associados, sem distinção do tipo de trabalho ou da função ocupada. O trabalho é organizado por equipes responsáveis por manter a produção e a organização social.

A visita foi importante em função de permitir aos estudantes e professores conhecerem uma realidade organizativa bastante complexa e desenvolvida, uma face bastante desconhecida sobre os assentamentos da reforma agrária do Brasil. Sendo assim, forneceu subsídios ao desenvolvimento das disciplinas de Sociologia e Extensão Rural, Economia Rural, Gestão Rural e Extensão Rural e Cooperativismo dos referidos cursos da UTFPR Campus Dois Vizinhos.