Gestão

Projeto beneficiará agricultores

Um dos papeis da universidade é estar inserido na comunidade por meio de projetos de extensão. A partir de uma experiência vivenciada na comunidade de Jacutinga, zona rural de Francisco Beltrão, um grupo de professores está desenvolvendo um projeto que visa aliar a gestão financeira, gestão da inovação e sustentabilidade às pequenas propriedades.

“Percebi que um produtor de leite produz determinado número de litros por mês e está sempre pensando em aumentar a produção. O que ele não sabe, muitas vezes, é que pode ser que uma produção menor lhe gere mais lucro”, contou uma das professoras envolvidas no projeto Liliane Hellmann.

Isso acontece muitas vezes porque o pequeno agricultor não faz a gestão financeira de seu trabalho, como o custo que tem para produzir e qual seria o lucro se investisse em determinado produto que aliasse a tecnologia e em quanto tempo o investimento lhe traria retorno e qual o impacto no meio ambiente.

A proposta dos professores é trabalhar nas escolas de campo capacitando os alunos para o uso de ferramentas de gestão financeira visando auxiliar na tomada de decisão em relação a implementação de inovações sustentáveis nas propriedades rurais.

De acordo com a professora Andriele de Prá Carvalho o projeto ainda tem a intenção de mostrar qual o ponto de equilíbrio e incentivar a permanência dos jovens no campo. “A maioria deles não percebe o tamanho da qualidade de vida que tem morando no campo, será uma forma de mostrar a importância da pequena propriedade e do agronegócio em si”, destacou.

Os trabalhos serão desenvolvidos com minicursos na universidade e nas escolas, após um levantamento para definição das principais inovações sustentáveis geradas nas propriedade e da metodologia e modelo que auxilie na análise de custos e inovação. O projeto conta ainda com a participação das professoras Larissa Zanettin e Marlise Schoenhals.

Atualizado em: 19/05/2017

Ações do documento