Você está aqui: Página Inicial franciscobeltrao O Câmpus

Apresentação

 A Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR é a primeira assim denominada no Brasil e, por isso, tem uma história bastante peculiar.

    A Instituição não foi criada e, sim, transformada a partir do Centro Federal de Educação Tecnológica (CEFET-PR). Como a origem deste centro é a Escola de Aprendizes Artífices, fundada em 1909, a UTFPR herdou uma longa e expressiva trajetória na educação profissional.

    Em 1998, uma proposta audaciosa originou o projeto de transformação na primeira Universidade Tecnológica do Brasil. Após sete anos de preparo e o aval do governo federal, o projeto tornou-se lei no dia 7 de outubro de 2005. O CEFET-PR, então, passou a ser a UNIVERSIDADE TECNOLÓGICA FEDERAL DO PARANÁ (UTFPR).

    A Universidade Tecnológica conta com doze Campi distribuídos nas cidades de Apucarana, Campo Mourão, Cornélio Procópio, Curitiba, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Guarapuava, Londrina, Medianeira, Pato Branco, Ponta Grossa e Toledo.

    A Universidade, no seu todo, possui seu corpo docente composto por cerca de 1.393 professores, além de 647 técnicos-administrativos e 16.283 discentes.

Em todo o sistema são ofertados Cursos Técnicos Integrado, Cursos Técnicos PROEJA, Técnico Subseqüente, Cursos de Tecnologia, Cursos de Engenharia, Bacharelados, Licenciaturas, Especializações, Mestrados e Doutorados.

Por contar com doze campi, garante ampla abrangência no Estado, mantendo em cada campus cursos planejados de acordo com a necessidade da região onde está situada.

    O campus Francisco Beltrão teve sua incorporação formalizada com a publicação da Portaria Ministerial nº. 1.863, em 30 de novembro de 2006.  A escolha do curso implantado no início de 2008, Tecnologia em Alimentos, deu-se em razão da significativa presença de indústrias na área alimentícia na região, que gera elevado número de vagas e, conseqüente, necessidade de mão-de-obra especializada. Em 2009 iniciou-se o curso de Engenharia Ambiental e no segundo semestre de 2011 o curso de Licenciatura em Informática.

    Atualmente, o Campus conta com salas de aula e os seguintes laboratórios: panificação, análise sensorial, bioquímica e análise de alimentos, microbiologia e microscopia de alimentos, química orgânica e inorgânica, informática, biologia, solos, águas e resíduos e geoprocessamento, além de 05 unidades de ensino-produção para processamento de alimentos.

    A Instituição, preocupada em suscitar o lado humano e aguçar a consciência social dos alunos, promove, através do Departamento de Relações Empresariais e Comunitárias, atividades culturais, desenvolve projetos sociais e tecnológicos, proporciona atividades extraclasse e intercâmbios internacionais, busca parcerias para possibilitar a oferta de estágio e emprego, fomenta a prestação de serviços e possui programas de incubadoras de empresas.

    Além disso, a UTFPR leva conhecimento e tecnologia à comunidade externa, por meio dos Cursos de Extensão, os quais são destinados à sociedade em geral e abordam as seguintes áreas: Comunicação, Cultura, Direitos Humanos, Educação, Meio Ambiente, Saúde, Trabalho, Tecnologia e produção.

    Portanto, com uma tradição de quase um século, a UTFPR leva avante o desígnio de educar com padrão de excelência, evoluindo permanentemente, além de adaptar-se às mudanças, às exigências e aos constantes avanços tecnológicos.

 
    Evolução histórica da UTFPR


    * 1909 – Escola de Aprendizes Artífices do Paraná
    * 1937 – Liceu Industrial do Paraná
    * 1942 – Escola Técnica de Curitiba
    * 1959 – Escola Técnica Federal do Paraná
    * 1978 – Centro Federal de Educação Tecnológica Federal do Paraná – CEFET-PR
    * 2005 – Universidade Tecnológica Federal do Paraná – UTFPR

 
    Missão


    Promover a educação de excelência através do ensino, pesquisa e extensão, interagindo de forma ética e produtiva com a comunidade para o desenvolvimento social e tecnológico.


    Visão


    Ser modelo educacional de desenvolvimento social e referência na área tecnológica.

 

    Valores


  •  Ética: gerar e manter a credibilidade junto a sociedade.
  • Desenvolvimento Humano: formar o cidadão integrado no contexto social.
  • Integração Social: realizar ações interativas com a sociedade para o desenvolvimento social e tecnológico.
  • Inovação: efetuar a mudança através da postura empreendedora.
  • Qualidade e Excelência: promover a melhoria contínua dos serviços oferecidos para a satisfação da sociedade.

Ações do documento