Aviso: Você está visitando a nossa página antiga, por isso algumas informações podem estar desatualizadas.

Para saber mais sobre a Instituição, acesse o novo Portal da UTFPR

Você está aqui: Página Inicial londrina Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias 2017 Equipe Gravidade Zero participa do IV Festival de Minifoguetes

Equipe Gravidade Zero participa do IV Festival de Minifoguetes

 

A equipe do projeto “Gravidade Zero”, da UTFPR Câmpus Londrina, participou, entre os dias 29 de abril e 01 de maio, do IV Festival de Minifoguetes de Curitiba, que foi organizado pela Associação Brasileira de Minifoguetes. Nesta ocasião, a equipe conquistou pela primeira vez, o 1º lugar na categoria classe A, com o foguete Quark.

A equipe também participou das classes Apogeu máximo (Classe 1/2 A - Boson de Riggs e Classe A – Quark) e Apogeu fixo (50m – Gráviton, 100m – Éta, 200m – Chameleon, 500m - kaon e 1000m – Neutron).

“Estamos muito felizes com a competição. Neste ano conquistamos o primeiro prêmio da UTFPR Londrina em competições desse tipo. O foguete “Quark”, que representou a classe A pelo nosso projeto, alcançou 129 m e conquistou o primeiro lugar da categoria”, relatou a aluna de Johicy Parra, uma das participantes da equipe.

O aluno David Carvalho comentou sobre as perspectivas futuras da equipe: “No próximo festival pretendemos realmente voar em todas as categorias. Não iremos nos acomodar, pois queremos ganhar mais prêmios pela equipe. Pretendemos, também, participar de outras competições de maior nível de dificuldade e, quem sabe, competições internacionais”.

O orientador do projeto, Prof. José Aécio Gomes de Sousa, do Departamento de Engenharia Mecânica, ressaltou que a equipe dedica-se ao desenvolvimento de motores de foguetes espaciais para lançamento de nanosatélites na órbita terrestre. “Criamos soluções sustentáveis, não tóxicas e ecologicamente corretas para a produção de foguetes a base de gás hilariante e parafina de vela. Esta tecnologia é inovadora e de alto valor e retorno comercial”, afirmou.

Confira mais informações!

 

Atualizado em 09/05/2017

Ações do documento