Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

Neste momento de transição, algumas atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Destaque

Pesquisadores do câmpus recebem prêmio em evento nacional
Destaque

Professores do Grupo de Pesquisa LATECOM

O Grupo de Pesquisa de Análises Térmicas e Espectrométricas de Combustíveis e Materiais (LATECOM) do Câmpus Medianeira da UTFPR, desenvolveu um trabalho conjunto, em parceria internacional com pesquisadores da Universidade Estadual de Maringá (UEM) e da Universidad Nacional del Nordeste no Laboratorio de Estructura Molecular Y Propriedades (UNNE), o qual recebeu o PRÊMIO ARRHENIUS 2017 da Sociedade Brasileira de Catálise. A entrega do prêmio aconteceu durante o 19° Congresso Brasileiro de Catálise, em Ouro Preto, Minas Gerais.

Paulo Rodrigo Stival Bittencourt, professor do Departamento de Química do câmpus e respnsável pelo Grupo LATECOM, explica que a pesquisa ora premiada, buscou descrever mecanismos de reação químicas que facilitam a compreensão da produção de ésteres alquílicos catalisados por sólidos ácidos (zeólitas), usados na indústria petroquímica, pela modelagem molecular, em comparação aos experimentos realizados no câmpus.

Ao comentar sobre a premiação, o professor Paulo enaltece que “o resultado é recompensador, pois temos parte da consagração das tecnologias desenvolvidas em nossa instituição, o que revela a vitalidade das pesquisas realizadas no câmpus.” O professor também destaca e agradece a atuação comprometida de toda a equipe de pesquisadores, fundamental para o resultado obtido.

Paulo prossegue explicando que, devido ao grande interesse em inúmeros processos catalíticos e à alta complexidade em sistemas sustentáveis e economicamente viáveis, há uma relação intensa entre universidades brasileiras e a UNNE (Argentina), cujos grupos de pesquisas estão centrados na ciência, tecnologia e inovação.

O trabalho foi apresentado pelo doutorando Gláucio José Gomes (UEM) e orientado pelo Dr. Paulo Rodrigo Stival Bittencourt, Dr. Fernando Reinoldo Scremin e Dra. Michelle B. Costa (UTFPR), sob direção da Dra. María Fernanda Zalazar e Dra. Nélida M. Peruchena (UNNE) e apoio do Dr. Pedro A. Arroyo (UEM).

Ações do documento