Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Francisco Beltrão > Agronomia aprovado na UTFPR Campus Francisco Beltrão
conteúdo

Notícias

Agronomia aprovado na UTFPR Campus Francisco Beltrão

O Curso de graduação será ofertado no segundo semestre de 2022
publicado: 03/06/2022 14h50 última modificação: 03/06/2022 19h14

O Campus Francisco Beltrão da Universidade Tecnológica Federal do Paraná celebra a oficialização da abertura do seu quinto curso: Agronomia, com autorização de oferta de vagas já para o segundo semestre de 2022. A notícia veio acompanhada da retomada da autonomia do Campus para decidir pela abertura de novos cursos.

Seleção

A seleção para Agronomia e demais cursos de graduação da UTFPR se dá pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu -  https://sisu.mec.gov.br). Nele, os estudantes utilizam a nota obtida no último Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para a disputa de vagas.

Além do SISU, caso haja vagas remanescentes, os alunos podem utilizar a nota do ENEM de anos anteriores ou o histórico escolar do ensino médio. Para esse processo, o aluno deve acessar o site da UTFPR (www.utfpr.edu.br).

É importante destacar que, como a UTFPR é uma Universidade Pública Federal, não há cobrança de taxa de matrícula ou mensalidades para cursos de graduação.

Diferenciais do Curso

Serão ofertadas 44 vagas por semestre, com previsão de concentração de aulas teóricas no período noturno, e aulas práticas no período vespertino. 

Um dos diferenciais do curso é a ênfase no estudo de novas tecnologias voltadas ao aumento da produtividade das culturas agrícolas.

Mais novidades

Sempre atento às necessidades de Francisco Beltrão e região, o Campus Francisco Beltrão já está tramitando a abertura do Curso de Bacharelado em Sistemas de Informação, com previsão de oferta de vagas para 2023. 

Atualmente, o Campus conta com quatro cursos de graduação: Engenharia Ambiental, Engenharia de Alimentos, Engenharia Química e Licenciatura em Informática; dois cursos de Mestrado: Engenharia Ambiental e Tecnologia de Alimentos; além da oferta de cursos não regulares de extensão e especialização lato sensu visando atender as demandas da comunidade por formação e qualificação.