Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Campus Apucarana comemora 15 anos com mais de 900 alunos formados
conteúdo

Notícias

Campus Apucarana comemora 15 anos com mais de 900 alunos formados

Rede UTFPR

Unidade também avança em parcerias internacionais e com o setor produtivo.
publicado: 10/01/2022 17h31 última modificação: 10/01/2022 17h31
Fachada principal do Campus Apucarana (Foto: Decom)

Fachada principal do Campus Apucarana (Foto: Decom)

Com a marca de mais de 933 alunos formados, sendo 852 na graduação e 81 na pós-graduação, o Campus Apucarana celebra nesta nesta segunda-feira, 10 de janeiro, seus 15 anos de fundação. A unidade é uma das 13 campu que compõe a rede UTFPR, um das maiores universidades multicampi do Brasil.

A escolha da 'Capital do Boné', como Apucarana é nacionalmente conhecida, para sediar um dos campi da Universidade começou no ano de 2005, com o projeto de expansão da Rede Federal de Educação Tecnológica. Durante esse período, foi realizada a transferência de 18 escolas profissionais, até então administradas por entidades comunitárias ou por governos estaduais. Desse grupo, 12 tiveram o processo de federalização concluído, incluindo a que viria a ser o Campus Apucarana.

Com autorização de funcionamento, foram realizados o primeiro processo seletivo para seleção de alunos e concursos públicos destinados à contratação dos servidores técnico-administrativos e docentes que integrariam o quadro profissional. Com isso, as primeiras atividades letivas tiveram início em 12 de fevereiro de 2007, com o curso técnico de nível médio integrado em Industrialização do Vestuário – posteriormente denominado Técnico em Vestuário (2008), e depois Técnico em Modelagem do Vestuário (2012).

Também em 2007, foi implantado o primeiro curso de graduação do câmpus: o de Tecnologia em Design de Moda.
Na sequência, em 2009, foi aberto o curso de graduação de Tecnologia em Processos Químicos. E, com o Programa de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais (Reuni) do Governo Federal, foi viabilizada a primeira expansão do campus, com a abertura dos cursos de Engenharia Têxtil (2010) e Licenciatura em Química (2011).

Atualmente, são ofertados cursos de Engenharia Civil, Engenharia de Computação, Engenharia Elétrica, Engenharia Química, Engenharia Têxtil, Licenciatura em Química e Tecnologia em Design de Moda. Além disso, o campus oferta cursos de pós-graduação, incluindo especializações e os cursos de mestrado em Ciência e Engenharia de Materiais, Engenharia Ambiental e Engenharia Química

Novas parcerias

O relacionamento com o setor produtivo e outras instituições também compõe a linha de atuação do campus. Um exemplo é a instalação de um polo da Fibrenamics, plataforma de inovação multidisciplinar da Universidade do Minho (Portugal). Com diversas patentes e produtos inovadores com sucesso no mercado, incluindo materiais de proteção na pandemia, roupa para incontinentes, pijamas para acamados, portas corta fogo, antimicróbios, dentre outros, a Fibrenamics soma mais de 700 artigos em conferências e revistas científicas, eventos em vários países. A expectativa é que a plataforma impulsione a transferência de tecnologia do campus para a sociedade.