Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Divulgação Científica > Grupo de pesquisa mapeará criadouros por drone
conteúdo

Notícias

Grupo de pesquisa mapeará criadouros por drone

Dengue

publicado: 01/09/2020 10h43 última modificação: 01/09/2020 10h43
Equipamentos farão monitoramento das áreas. (Foto: Freepik)

Equipamentos farão monitoramento das áreas. (Foto: Freepik)

Para continuar as ações de combate a dengue pelo Paraná, mais uma pesquisa está em andamento. Desta vez, é um grupo de trabalho do Câmpus Dois Vizinhos, em parceria com a prefeitura da cidade. A instituição recebeu equipamentos da prefeitura para fazer o monitoramento de possíveis criadouros de larvas do mosquito transmissor da doença.

A equipe é coordenada pela professora Maria Madalena Santos com quatro bolsistas do curso de Engenharia Florestal. Eles receberam drones de alta precisão e um computador com alta capacidade de processamento para as imagens e geração dos diversos mapas que serão produzidos.

As imagens coletadas pelo drone são coloridas e de alta resolução, o que permitirá identificar objetos com acúmulo de lixo, água parada, calhas, piscinas ou qualquer outro ambiente propício ao desenvolvimento da larva do mosquito e que os agentes de endemias podem não ter acesso.

O mapa utilizado é o “mapa digital” do município, desenvolvido em outro projeto em parceria com a UTFPR, com as informações de infestação da Secretaria Municipal de Saúde.

O drone desta pesquisa fará dois voos, um para identificação e outro para acompanhamento e monitoramento dos locais com possíveis criadouros do mosquito.

Após a coleta das imagens e constatado os possíveis focos, as informações serão repassadas ao Departamento de Vigilância Epidemiológica da Secretaria de Saúde, que fará a verificação e possível notificação do proprietário do local. Os alunos também farão relatório anexando as fotos dos locais para acompanhamento posterior e a verificação se o proprietário do imóvel tomou as providências de limpeza do local.