Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Servidores > Aberta seleção de pesquisadores para programas de Iniciação Científica, Tecnológica e de Inovação
conteúdo

Notícias

Aberta seleção de pesquisadores para programas de Iniciação Científica, Tecnológica e de Inovação

Pesquisa

Inscrições podem ser realizadas até 6 de abril para três editais
publicado: 16/03/2021 15h09 última modificação: 16/03/2021 15h40
Servidores podem pleitear cotas do Pibic, Pibiti e Piviti (Foto: Freepik)

Servidores podem pleitear cotas do Pibic, Pibiti e Piviti (Foto: Freepik)

Foram publicados três editais para seleção de pesquisadores para orientação de estudantes nos programas institucionais de Iniciação: Tecnológica e Inovação (Pibiti), incluindo voluntariado (Piviti); e Científica (Pibic), envolvendo também Ações Afirmativas (Pibic-AF) e alunos do Ensino Médio (Pibic-EM).

Podem participar servidores ativos do quadro permanente da UTFPR, em dedicação exclusiva ou em regime de 40 horas; aposentados em serviço voluntário e professores visitantes, de acordo com os regulamentos. Para isso, é preciso ter: título de doutor; produção científica divulgada nos principais veículos de comunicação da área; e o currículo atualizado na Plataforma Lattes até 4 de abril. Também não deve possuir pendências em áreas indicadas nos editais.

As inscrições são feitas até as 17h de 6 de abril, para concessões com vigência entre agosto de 2021 e julho de 2022.

No caso do Pibic, Pibic-EM ou Pibic-AF, é preciso inserir uma proposta em sua área do conhecimento por meio do Sistema OPPX-UTFPR. O interessado pode requerer uma cota por modalidade.

Já, para o Pibiti ou Piviti, é necessário o envio de um projeto em desenvolvimento tecnológico e inovação de acordo com o modelo do anexo respectivo, no formato PDF, via e-mail editalinovacao@utfpr.edu.br, com o assunto ‘Edital PROPPG/Prorec - 04/2021’. Depois, é preciso realizar a solicitação de uma cota de bolsista e/ou de até quatro voluntários, mediante Sistema OPPX-UTFPR

A classificação vai ser baseada na pontuação de projetos submetidos e/ou produções científicas e tecnológicas entre 2018 e 2020. Para servidoras que estiveram em licença maternidade neste período, vai ser considerado o de 2017. 

Segundo o pró-reitor adjunto de pesquisa e pós-graduação, Roberto Molina, desta vez tem novidades nos processos. "Além da forma de solicitação de cotas, também foi alterada a pontuação. Para concorrer em Iniciação científica, o mínimo passou para 30 pontos, tanto para bolsas com fomento como também para voluntário. Para orientadores das atividades relacionadas ao SEI/SICITE, o índice também melhorou", detalha.

Para conferir todos os requisitos, acesse os editais:
- Pibiti/Piviti
- Pibic-EM
- Pibic/Pibic-AF

Mais sobre
Os programas institucionais de Iniciação Científica são promovidos pela Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação (PROPPG), assim como os de Iniciação Tecnológica e de Inovação, estes em parceria com a Pró-reitoria de Relações Empresariais e Comunitárias (Prorec). O objetivo é despertar a vocação do estudante para a realização de pesquisas, sob a orientação de um pesquisador.

"Para o estudante, a iniciativa incentiva a compreensão de conceitos teóricos de forma empírica e proporciona uma visão mais ampla e crítica da sua área de atuação. Para o servidor, fortalece a linha de pesquisa, aumenta a produção científica e abre a possibilidade de novas conexões e de atuação no empreendedorismo", descreve Molina.