Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Sete câmpus ganham selo e projeto finalista é de Santa Helena
conteúdo

Notícias

Sete câmpus ganham selo e projeto finalista é de Santa Helena

Prêmio Sesi ODS

publicado: 09/09/2019 11h29 última modificação: 09/09/2019 12h33
Professor Itamar Iliuk com o título de Menção Honrosa

Professor Itamar Iliuk com o título de Menção Honrosa

Na edição deste ano do Prêmio Sesi ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável) mais uma vez a UTFPR foi contemplada com entrega de selos para seus câmpus. A premiação é organizada pelo Serviço Social da Industria (SESI) e representa uma forma de reconhecimento às ações realizadas pelas instituições que envolvam os objetivos ODS que, entre eles, estão: erradicação da pobreza, segurança alimentar, agricultura, saúde, educação, igualdade de gênero, redução das desigualdades, energia, água e saneamento, padrões sustentáveis de produção e de consumo, dentre outros.

No prêmio, foram inscritos diversos projetos de todo o Brasil tendo sido classificado, entre os finalistas, na categoria Instituição de Ensino, o projeto de extensão do Câmpus Santa Helena “Coleta, Reciclagem e Reutilização do Lixo Eletrônico do Município de Santa Helena”, coordenado pelo professor de Ciência da Computação, Itamar Iliuk. O projeto também ganhou o título de Menção Honrosa durante a premiação.

Com relação aos selos, eles foram entregues a sete dos 13 câmpus da instituição: Campo Mourão, Curitiba, Dois Vizinhos, Francisco Beltrão, Londrina, Santa Helena e Toledo. Esses câmpus foram reconhecidos por suas ações de extensão e atuação com a comunidade externa.

ODS

Anteriormente aos ODS, existiram oito Objetivos de Desenvolvimento do Milênio (ODM) que haviam sido lançados em 2000, e receberam um reforço na Cúpula Mundial sobre o Desenvolvimento Sustentável, realizada em Johanesburgo (África do Sul) e em 2002 na Rio + 10 (Rio de Janeiro).  Eles foram construídos com o intuito de permitir a avaliação, por meio da verificação do atendimento de 48 indicadores estabelecidos para 22 metas elaboradas. Este formato permitiria, pela primeira vez, a possibilidade de comparar os avanços concretos, que deveriam ser alcançados até 2015, para as metas estabelecidas.

Como os resultados não foram alcançados com os ODM em 2015, a ONU levou adiante a iniciativa, inserindo novas proposições de indicadores, metas e objetivos, que seriam denominados de Objetivos do Desenvolvimento Sustentável (ODS). Eles fazem parte da Resolução 70/1 da Assembleia Geral das Nações Unidas intitulada "Transformando o nosso mundo: a Agenda 2030 para o Desenvolvimento Sustentável". 

O objetivo é que os ODS orientem as políticas nacionais e as atividades de cooperação internacional para os próximos quinze anos. Eles foram então desenvolvidos em 17 objetivos e 169 metas,  distribuídos em cinco áreas: pessoas, planeta, prosperidade, paz e parcerias.