Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pato Branco > JUBs eSports
conteúdo

Notícias

JUBs eSports

A UTFPR, Câmpus Pato Branco, conquistou resultados expressivos no JUBs eSports, etapa brasileira realizada pela CBDU
publicado: 17/06/2020 16h14 última modificação: 17/06/2020 16h14

Aconteceu, de 3 a 19 de junho, o JUBs eSports, maior Competição Universitária de eSports do Brasil. É uma iniciativa da Confederação Brasileira do Desporto Universitário (CBDU), que nesta edição contemplou 5 modalidades: FIFA20, League of Legends (LoL), Clash Royale, Poker e Acadêmico.

E os números foram expressivos, com 32 equipes de LoL, com pelo menos 5 integrantes cada; 123 atletas de FIFA, sendo 80 na categoria Console e 43 na Ultimate, 61 inscritos na modalidade Clash Royale, 90 participantes no Poker e 30 trabalhos submetidos na modalidade Acadêmico, dos quais apenas 15 foram selecionados. Somados, os números resultam em um total de 450 participantes, de todas as regiões do Brasil.

Diante de um cenário incomum, de pandemia e isolamento social, no qual todo o meio esportivo foi afetado, a CBDU estendeu a participação na competição às Atléticas Universitárias. A situação, extraordinária na história do JUBs e da Confederação, foi a solução encontrada para aproximar incentivadores do esporte universitário e fomentar a atividade esportiva para o maior número possível de estudantes. Após o registro, as inscrições foram validadas pelas FUEs responsáveis.

A UTFPR Pato Branco, ficou com 1/3 dos atletas participantes da Confederação Paranaense (FPDU), sendo 2 atletas no Clash Royale, 2 atletas no  FIFA20, 1 equipe de LOL, e 7 atletas no  Poker, conquistando resultados de forma expressiva.

No terceiro dia de competição do Poker, a representação feminina mostrou sua força, com 71 jogadores que se reuniram em aproximadamente quatro horas de disputa. Um dos destaques da rodada foi a jogadora Thaynara Siqueira, mestranda de Engenharia de Produção e Sistemas (UTFPR– Pato Branco), uma das poucas mulheres na modalidade, que alcançou o 7° lugar do ranking. O 1º lugar do ranking ficou com Solano Santos de Lima, acadêmico de Engenharia Elétrica (UTFPR– Pato Branco).

Com o desenvolvimento das rodadas e um troca-troca nas primeiras posições do ranking, a UTFPR Pato Branco finalizou o campeonato com a terceira e quarta colocação, com os atletas Solano Santos de Lima e Alan Vitor Devens, acadêmico de Engenharia Mecânica (UTFPR– Pato Branco).

No LOL Platina, a medalha de ouro do brasileiro universitários chegou com um jogo perfeito da UTFPR-PB nas duas primeiras partidas, o placar ficou no 3x1. Com a ida para a final, a equipe de LOL da universidade ganhou o acesso à divisão Diamante (1ª divisão) no próximo ano.

Os atletas que faturaram o lugar mais alto do pódio foram Jólio Ribeiro Maia Neto (Engenharia Elétrica), Tales Bacarin Lopes (Análise e Desenvolvimento de Sistemas), Leonardo Zanini Niclote (Engenharia Mecânica), Everson Gabriel Maliski Hillesheim (Letras), Gustavo Henrique Marsango (Engenharia Civil).

Conforme relato do atleta Jólio, a estratégia do jogo foi neutralizar o principal jogador da equipe adversária, tendo prioridade na parte superior do mapa, ganhando o primeiro jogo de forma limpa, perdendo somente uma torre. O segundo jogo foi decidido de forma tranquila, com vitória, abrindo o placar por 2x0 e levando grande vantagem para os próximos jogos. Precisando somente de mais uma vitória para sagrar-se campeão, no terceiro jogo a equipe entrou mais confiante com estratégias mais agressivas, perdendo uma luta no primeiro dragão do jogo que tornou o jogo mais complicado, não tendo como reverter a partida. A estratégia foi levar a derrota ate o fim da melhor maneira possível. No quarto e decisivo jogo a equipe entrou com uma estratégia parecida com a do primeiro jogo, com um jogo limpo, perdendo somente um dragão e uma torre.

Segundo Jólio, ”foi um jogo muito bem jogado, muito bem estruturado, que acabou sendo decidido nas lutas pelos dragões. Ganhamos todas as lutas pelos dragões, o que facilitou a vitória para garantir o titulo para a UTFPR. Vencemos a divisão platina e no próximo ano vamos jogar a divisão diamante”. O atleta externou a empolgação da equipe, que tem apenas um ano de entrosamento, e já venceram o primeiro título. Agora o foco do time está no torneio InterUTFs, que começou no dia 16 de junho.

A representante da UTFPR, Câmpus Pato Branco, perante a FPDU, Nathana Dal Maso, destaca que é necessário continuar desenvolvendo todas as modalidades esportivas dentro da universidade, fazendo com que a interação entre alunos e cursos se torne cada vez maio. “Estou muito feliz com a participação dos nossos alunos no eSports em meio à pandemia. Tivemos o maior número de representantes do Estado do Paraná, e isso é uma grande vitória para o esporte, visto que nossa participação nos Jogos Universitários é nova. Formamos as primeiras equipes para participar há pouco mais de um ano, e já estamos colhendo frutos”, complementou.

Os primeiros colocados e alunos classificados em terceiro lugar receberão as medalhas e premiações em breve, conforme procedimentos definidos pela CBDU.