Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Pato Branco > Voluntariado
conteúdo

Notícias

Voluntariado

Modelo estatístico coordenado por professor do Câmpus possibilita estimar e divulgar o número de casos acumulados de Covid-19 no Estado do Paraná
publicado: 07/04/2020 14h29 última modificação: 07/04/2020 14h29

Outra iniciativa que está contribuindo com a comunidade é o trabalho desenvolvido pelo professor do departamento acadêmico de Administração, da UTFPR, Câmpus Pato Branco, Abdinardo Moreira Barreto de Oliveira, junto ao Jornal Diário do Sudoeste, de Pato Branco.

Em caráter voluntário, o professor está desenvolvendo estudos através de modelos estatísticos que permitem criar cenários possíveis do número de casos acumulados de Covid-19 esperado para o dia seguinte, de modo a contribuir para ações efetivas das secretarias de saúde no Paraná, especialmente nos locais de maior incidência de casos. Segundo o professor, a estimativa apresentada por ele, tendo em vista o modelo estatístico utilizado, tem 99% de confiabilidade.

Os dados com as previsões têm sido compartilhados, diariamente, desde o último dia 02, nas edições do Jornal Diário do Sudoeste, e poderão ser comparados aos índices repassados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa).

A expectativa principal do professor Abdinardo Oliveira em relação às previsões divulgadas, é de que “sejam úteis no planejamento das ações de prevenção ao Covid-19, pela Sesa-PR”, declarou.

Nas imagens a seguir, seguem os gráficos com as previsões até o dia 06 de abril de 2020, em dois possíveis cenários. Os pontos em vermelho são os dados reais, a linha preta são as previsões, e as linhas tracejadas em azul são o intervalo de previsão a 99% de confiança.

Gráfico 1 - Gompertz.jpg
Gráfico 2 - Estatistic.jpg

Com ampla experiência, na área de modelagem estatística, o professor Abdinardo Oliveira desenvolve também um projeto financiado pela Fundação Araucária para a previsão do preço de venda de frutas e hortaliças nas Ceasas paranaenses, além de modelagens envolvendo dados meteorológicos e de produção para gerenciamento de risco, sendo essa desenvolvida em 2018, durante seu pós-doutorado, na Universidade de Birmingham, no Reino Unido.