Aviso: Você está visitando a nossa página antiga, por isso algumas informações podem estar desatualizadas.

Para saber mais sobre a Instituição, acesse o novo Portal da UTFPR

Alunos em destaque

Alunos do Curso Técnico Integrado em Agrimensura são aprovados em concurso público da COPEL
Alunos em destaque

Aline Zanardini e Flavia Roberta Smiderle

Conseguir independência financeira e estabilidade ao ingressar no mercado de trabalho é o objetivo de muitos jovens, e a educação é o elemento fundamental para alcançar essa meta. Mas, para isso, o aluno precisa se dedicar e, também, receber apoio e ensino de qualidade da Instituição em que estuda. A exemplo disso, três alunos e um egresso do Curso Técnico em Agrimensura do Campus Pato Branco conseguiram somar dedicação e qualidade no ensino e, como resultado, recentemente foram aprovados no Concurso Público da Companhia Paranaense de Energia (COPEL), em vagas para cargos técnicos na área de agrimensura.

A aluna do quarto ano do Curso Técnico em Agrimensura, Aline Zanardini, prestou concurso para a região de Curitiba e classificou-se em primeiro lugar. Os demais alunos, também do quarto ano do curso, Flávia Roberta Smiderle, Moisés Guarez, e o egresso Maurício Artur Copatti, conseguiram as três primeiras colocações das vagas ofertadas para a região da cidade de Capitão Leônidas Marques. Esses alunos, que têm entre 17 e 18 anos, vivenciam a fase final do curso técnico, preparam-se para o vestibular e, ainda assim, encontraram tempo e disposição para estudar para o concurso.

Preparação e conquista precoce
Os alunos não sabem quando serão chamados para ocuparem as vagas, mas o resultado do concurso representa que os mesmos, apesar da pouca idade, já estão habilitados para atuarem em empresas de grande porte, como é o caso da COPEL. Segundo Flávia, durante o curso, além da parte teórica, houveram atividades práticas que forneceram aos alunos as noções necessárias sobre a profissão, o que é fundamental para o ingresso no mercado de trabalho. “A aplicação dos conhecimentos adquiridos no curso é destinada, também, a aplicabilidade em grandes empresas”, reforça Aline que também parte da mesma opinião da colega.

A conquista, um tanto quanto precoce, pode não se concretizar, pois entre os critérios para assumir as vagas é exigido o certificado de conclusão de curso e a carteira de habilitação, que está atrelada a maior idade. Sendo assim, Aline e Flávia torcem para serem convocadas após ambas concluírem o curso e completarem 18 anos, caso contrário elas perderão as vagas.


Dedicação do aluno e capacitação dos professores
O Coordenador do curso Técnico em Agrimensura do Campus Pato Branco, Claudinei Rodrigues de Aguiar, acredita que o desempenho dos alunos é resultante da “qualidade no trabalho desenvolvido pelos professores e pela Instituição, mas o mérito principal é parte da dedicação e esforço dos alunos”. Em contrapartida, Aline reforça que “o esforço pessoal dos alunos foi fundamental, mas a universidade desempenhou um papel muito importante, pois o desempenho dos alunos no concurso foi possível porque os professores das matérias técnicas conseguiram cumprir suas funções enquanto educadores”.

Ações do documento