Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

Neste momento de transição, algumas atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Você está aqui: Página Inicial patobranco Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias 2010 Avaliação dos Mestrados

Avaliação dos Mestrados

Capes divulga resultado da avaliação do PPGAA e PPGEE do Campus Pato Branco

A cada três anos a Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), realiza avaliação dos cursos de pós-graduação stricto sensu, atribuindo conceitos que vão de 1 a 7. Para programas que tenham apenas mestrado o conceito máximo dado é 5.

Os conceitos atribuídos na avaliação da Capes têm a seguinte escala: 1 e 2, que descredenciam o programa; 3, que significa desempenho regular, atendendo ao padrão mínimo de qualidade; 4, que é considerado um programa com bom desempenho; e 5, que é o conceito atribuído ao programa que atinge muito bom nível. A Capes ainda atribui, apenas para programas acadêmicos com doutorado, conceitos 6 e 7, que indicam desempenho equivalente ao alto padrão internacional.

Neste ano, o Programa de Pós-Graduação em Agronomia (PPGAA) da UTFPR – Campus Pato Branco, alcançou o conceito 4. O Programa de Pós-Graduação em Engenharia Elétrica (PPGEE) que começou suas atividades em 2009, e desta forma sua avaliação foi parcial, permaneceu com conceito 3. O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR), que abriu seu curso de mestrado este ano, não participou da avaliação trienal, mantendo o conceito 3.

Ao passar para conceito 4 o PPGAA demonstra o esforço dos professores do programa e o investimento do campus Pato Branco em pesquisa.

Francisco Migliorini, formado em Agronomia no Campus Pato Branco e que atualmente é aluno do PPGAA do Campus, afirma que está satisfeito com a nota alcançada junto à CAPES, a qual representa a qualidade de ensino ofertado. Segundo ele, “esta avaliação demonstra a qualidade e a capacidade do ensino do interior do Paraná. Demonstra que não é só nas capitais que estão os melhores professores e traz a expectativa para o Doutorado no campus, o que nos dará recursos para a realização de pesquisas focadas nas necessidades da região.”

Compartilhando a opinião, Paulo Fernando Adami, aluno de Doutorado da Universidade Federal do Paraná – UFPR, em visita ao Campus Pato Branco, parabeniza os professores e alunos do mestrado pela excelente nota alcançada, e afirma que o estudo ofertado no campus é algo que o deixa orgulhoso, já que sua titulação de mestre foi alcançada aqui. Ainda comenta que esta conquista possibilitará aos seus colegas a especialização de qualidade na própria região, sem ter que enfrentar as dificuldades que hoje ele enfrenta.

Para a Diretora-Geral do Campus, Tangriani Simioni Assmann, “a conquista em si não carrega um fim, mas constitui-se de um degrau para desafios maiores. Entendemos que este resultado também é um chamado para que os mestrados que foram contemplados com nota quatro, possam implementar seus projetos de doutorados”.

No site da CAPES estão todos os critérios utilizados no processo de avaliações e os cursos recomendados: http://www.capes.gov.br/avaliacao/avaliacao-da-pos-graduacao

Ações do documento