Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

Neste momento de transição, algumas atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Você está aqui: Página Inicial patobranco Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias 2010 Acadêmicos se mobilizam para a melhoria do transporte público

Acadêmicos se mobilizam para a melhoria do transporte público

A reunião aconteceu dia 09 e mobilizou autoridades e a comunidade acadêmica
Acadêmicos se mobilizam para a melhoria do transporte público

Público reunião referente meio-passe

Pato Branco, tem sido “modelo regional em diversos setores, principalmente nas áreas de saúde, educação, prestação de serviços, indústria, comércio e construção civil, fazendo com que a circulação de pessoas em nossas vias públicas seja cada vez maior, muitas vezes utilizando o transporte público”. Assim começa o encaminhamento do Projeto de Lei 134/2010 para a votação na Câmara de Vereadores, feito pelo excelentíssimo Prefeito Roberto Viganó.

O Projeto de Lei, que pode ser acessado pelo site da Câmara Municipal, tem sido discutido desde a sua divulgação, por tratar de assuntos polêmicos como restrição ao direito do meio-passe estudantil, a mudança de gratuidade que hoje é para idosos acima de 60 anos e deficientes físicos, que com a aprovação da lei seria alterada para maiores de 65 anos e deficientes que comprovem renda familiar menor ou igual a 2 salários mínimos.

Na manhã do dia 09 de setembro, o Diretório Central de Estudantes – DCE do Campus Pato Branco, realizou reunião para tratar dos assuntos que afetarão aos estudantes, não só da UTFPR como também das demais instituições de ensino do município.

Na ocasião fizeram-se presentes a Diretora-Geral do Campus Pato Branco Tangriani Simioni Assman; o Presidente da Câmara Municipal, Laurindo Cesa e a Vice-Presidente, Arilde Longhi; Clóvis Santo Padoan Filho, Presidente do DCE do Campus; Raffael Cantú, Diretor da União Paranaense de Estudantes; Francione Prunch, Presidente do DCE da FADEP e, representando a empresa de Transporte Coletivo Transângelo, o senhor Darci Miguel Vezzaro.

Em um debate aberto, que contou com o Anfiteatro do Campus lotado, a comunidade acadêmica demonstrou não estar “dormindo no ponto”.  Todos os acadêmicos demonstraram ter conhecimento do Projeto de Lei. Além disso, cobram melhoria no que diz respeito à superlotação e aos horários do transporte, que segundo as autoridades presentes é de responsabilidade do Depatran, órgão que recebeu ofício onde informava data e horário da reunião, mas não esteve presente e não justificou a ausência de seu representante.

Reunião referente ao meio-passe

Sobre a superlotação, a Diretora-Geral do Campus, afirmou que “desde 2008 a Instituição comunicou à Prefeitura e ao IPPUPB, que haveria um aumento significativo de estudantes e que seria necessário adequar o sistema de transporte”. Tangriani também cobrou soluções imediatas como a readequação dos horários e a implantação de mais ônibus nos horários de maior fluxo de alunos.

Diante as argumentações dos alunos, o senhor Darci Vezzaro, diretor geral da Transângelo, afirmou que “não há problemas em dispor mais ônibus e readequar os horários, pois o objetivo da empresa é faturar, porém é o Depatran que determina isso.”

Os vereadores que estiveram presentes comprometeram-se em levar estas reivindicações para a Câmara e inserir no processo referente a PL 134/2010.

Ações do documento