Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

Neste momento de transição, algumas atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Você está aqui: Página Inicial patobranco Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias 2013 Dezembro Professora do Câmpus toma posse na Academia de Letras de Goiás Velho

Professora do Câmpus toma posse na Academia de Letras de Goiás Velho

A professora do Departamento de Letras, Gisele Giandoni Wolkoff, da UTFPR – Câmpus Pato Branco, tomou posse, no dia 7 de dezembro, na cidade de Goiânia, da cadeira “acadêmica correspondente”, na Academia de Letras de Goiás Velho (ALG).

A ALG existe há 12 anos, contudo, por causa da necessidade de expansão acabou mudando suas reuniões para a capital do Estado, a cidade de Goiânia. Atualmente, é presidida por Christiane Cavalcanti e recebe como presidente de honra,Neyel Varella.

O objetivo da Academia é congregar intelectuais brasileiros ou naturalizados (jornalistas, artistas, poetas, escritores), sem distinção de raça, crença, religião e política, que tenham interesse em fomentar a cultura sob os mais variados aspectos. Além disso, defender os interesses comuns coletivos dos acadêmicos, promover intercâmbio cultural com Órgãos Governamentais e Entidades Congêneres, tanto do Estado quanto da União, promovendo palestras, debates, publicações, exposições artísticas e concursos variados.

Para que isso ocorra, os sócios devem cumprir as suas obrigações, a fim de que haja promoção da cultura, e defesa dos interesses comuns dos acadêmicos que, por sua vez, têm como missão sempre defender os objetivos e ideais da Academia, bem como manter conduta ética e apartidária e se dedicar à Entidade.

Os membros e acadêmicos da ALG são indicados e, após análise curricular, são escolhidos, conforme ocorreu com a professora Gisele. A professora vem desenvolvendo ações sócio-culturais no âmbito de projetos que promovem a cultura local e regional com entidades parceiras, como é o caso das atividades de extensão que agregam comunidade interna e externa à UTFPR.

Sobre a experiência da cerimônia de posse,a professora relata que foi bem enriquecedora e revela “tive contato com os mais diversos autores, de várias regiões do Brasil, fora do mercado editorial e da celebração canônica, mas que merecem tanta respeitabilidade quanto os que compõem o cânone literário contemporâneo, ou seja, os que são comentados pela crítica literária consagrada".

Segundo a professora, os acadêmicos organizaram um sarau, seguido ao jantar que sucedeu a cerimônia da posse. Na ocasião houve divulgação de muitas obras de diversos autores, alguns dos quais concederam obras ao Projeto de Pesquisa Mapeando as Américas: produções culturais contemporâneas em comparação, como é o caso do cordelista Gutemberg Liberato de Andrade, para que seja objeto de estudo pelo grupo que coordena, e que este semestre respondeu pelo curso de extensão "Poesia nas Américas", que aconteceu aos sábados, na UTFPR – Câmpus Pato Branco, a seis mãos (à professora Gisele G. Wolkoff, juntaram-se os professores Marcos Hidemi e Mirian Ruffini) e que teve como público-alvo professores da rede-pública e discentes do Câmpus.

O projeto de pesquisa acima mencionado compõe várias ações, três das quais: o curso ofertado, a oficina de escrita criativa, que desta vez não aconteceu porque o número de inscritos foi insuficiente e apresentações/publicações, como a que ocorreu durante a Semana de Letras, ocasião em que os alunos envolvidos no projeto - Elis Regina Melere, Bruna Yumi, Gabriel Borella e Jessica Bett – apresentaram resultados parciais de suas pesquisas.

Segundo a professora “é uma pena o número insuficientes de inscritos a Oficina de Escrita Criativa, igualmente ofertada no âmbito do Projeto de pesquisa, acolhido no Programa de Extensão, coordenado pela professora Didiê Denardi. Faço votos de que para o ano tenhamos mais interessados e possamos de fato voltar a ter o “Poesia ao Entardecer” e as sessões de Escrita Criativa”, comenta.

Ainda como parte do projeto Mapeando as Américas, a professora Gisele planeja o lançamento de uma antologia com poemas de poetas à margem, traduzidos pelos alunos envolvidos, colegas da instituição e de outras universidades, para 2014.

foto 2Foto1

Profª. Drª. Gisele Giandoni Wolkoff toma posse na Academia de Letras de Goiás Velho (ALG).

Profª. Drª. Gisele Giandoni Wolkoff e alunos envolvidos no projeto de pesquisa - Elis Regina Melere, Bruna Yueimi, Gabriel Borella, Jessica Bett e Profª. Marina Bertani.

 

Atualizado em 18/12/2013

Ações do documento