Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

As atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Você está aqui: Página Inicial patobranco Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias 2013 Setembro UTFPR completa 104 Anos!

UTFPR completa 104 Anos!

Hoje, dia 23 de setembro de 2013, esta Instituição, agora com a meritória condição de Universidade Tecnológica, completará e festejará os seus 104 anos de existência.

Comemorar uma data sempre nos motiva a rever o passado, reconhecer os limites dos caminhos trilhados, perceber possibilidades de melhoria, transformar o presente e, alicerçados na história, prospectar o futuro.

Para aqueles que não fazem parte do nosso cotidiano e mesmo para os docentes, técnicos-administrativos ou estudantes, que, em anos recentes, participam da construção da UTFPR, temos a obrigação de resgatar alguns recortes do rico passado institucional.

A criação da UTFPR ocorreu em 1909 como uma escola com um viés correcional, dedicada a dar futuro a meninos que hoje se rotulam como em risco social e que, no passado, eram categorizados como “filhos dos desfavorecidos da fortuna”, e muitos deles nem sapatos possuíam. Com este apelo social, garantindo educação e uma profissionalização elementar, a então Escola de Aprendizes Artífices firmou-se como modelo e pôde, 28 anos depois, alcançar a condição de Liceu Industrial de Curitiba – agora voltado ao Ensino de Primeiro Grau e à profissionalização industrial.

Em 1942, o Liceu passou à condição de Escola Técnica de Curitiba e, no ano seguinte, iniciaram-se os primeiros cursos técnicos industriais. Dezessete anos depois, a Instituição passou por uma nova mudança, agora para Escola Técnica Federal do Paraná. Um importante acontecimento, em função de alteração na legislação educacional, possibilitou que, em 1973, a Escola ofertasse os primeiros cursos de graduação, denominados de Engenharias de Operação.  Três anos após, em 1978, a Escola Técnica passou à condição de Centro Federal de Educação Tecnológica, o CEFET-PR, e firmou-se como a maior instituição dedicada à formação técnica e tecnológica do país.

Com a autonomia conferida e com o protagonismo de muitos, o CEFET-PR avançou também para o nível da pós-graduação. A partir de mudanças na legislação educacional e da própria expansão institucional nas atividades de ensino, pesquisa e extensão, entre os anos de 1996 e 1998, a equipe dirigente vislumbrou a possibilidade de alcançar novo patamar institucional, o de universidade especializada, mais especificadamente, de Universidade Tecnológica. Esse sonho tomou forma e passou a ser questão de honra, haja vista as idas e vindas da proposta junto aos órgãos de governo.

A mudança, ou melhor, a conquista na transformação de CEFET-PR em UTFPR ocorreu em outubro de 2005, quando a Instituição já se fazia presente no interior do estado com suas Unidades de Ensino de Medianeira, Pato Branco, Cornélio Procópio, Ponta Grossa, Campo Mourão e Dois Vizinhos, esta, inicialmente, incorporada à UNED Pato Branco.

O ano de 2007 marcou o início dos Câmpus Apucarana, Londrina e Toledo e a adesão ao Programa de Apoio ao Plano de Reestruturação e Expansão das Universidades Federais, o REUNI – que possibilitou inúmeros avanços para a nossa consolidação como universidade, entre eles o aumento na oferta de cursos de graduação e pós-graduação, implantação de programas acadêmicos até então inexistentes, expansão física e contratação de docentes e técnico-administrativos.

Em 2008, inauguramos o Câmpus Francisco Beltrão, em 2011, o Câmpus Guarapuava e, em 2014, implantaremos o Câmpus Santa Helena.

Este cenário, de rápido e intenso crescimento e desenvolvimento, sempre envolto na vontade de fazer bem feito, certamente é fruto do legado que nos foi deixado por inúmeras pessoas que aqui ensinaram, trabalharam, aprenderam e deram sentido às suas existências.

À geração presente devemos a gratidão pela dedicação e pelo compromisso de entregar àqueles que estão por vir uma Universidade ainda melhor.

 

Saudações e vida longa à UTFPR!

 

Idemir Citadin Carlos Eduardo Cantarelli
Diretor-Geral do Câmpus Pato Branco Reitor