Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

Neste momento de transição, algumas atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Você está aqui: Página Inicial patobranco Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias 2017 Fevereiro Tecnologia e Inovação

Tecnologia e Inovação

Equipe Pato BAJA prepara o protótipo Taurus para a 23ª Competição Baja SAE Brasil
Tecnologia e Inovação

Protótipo Taurus, da Pato BAJA, na Prova de Enduro do BAJA Regional Sul, em Passo Fundo (RS), em novembro de 2016. Piloto: Yuri Calzavara Eichinger.

De 09 a 12 de março, São José dos Campos (SP), será o cenário da 23ª Competição de Baja SAE Brasil. Neste ano, com recorde de inscrições: 88 equipes de 81 instituições de ensino superior de Norte a Sul do País estarão competindo.

O veículo da competição, nominado Baja SAE, é um protótipo de estrutura tubular em aço, monoposto, para uso fora de estrada, com quatro ou mais rodas e motor padrão de 10 HP, capaz de transportar pilotos com até 1,90 m de altura e 113,4 kg. Todos os sistemas, tendo como exemplo: suspensão, direção, transmissão, freios e chassi, são projetados e construídos pelas equipes, responsáveis pela viabilidade econômica do projeto.

Nesta edição 2017, representando o Sul, estão inscritas 15 equipes, sendo sete do Paraná, cinco do Rio Grande do Sul, e três de Santa Catarina. A região empata com o Nordeste na segunda colocação por número de equipes, superada apenas pelo Sudeste. 

Entre os 15 veículos do Sul estará competindo o Taurus, da Equipe Pato BAJA, da UTFPR, Câmpus Pato Branco. Veterano nas competições regionais, agora irá pela primeira vez participar de etapa Nacional. O protótipo está nesse momento em fase de ajustes e melhorias, principalmente dos pontos observados na Etapa Regional Sul, realizada no final de novembro de 2016. A nova versão do Taurus irá receber uma caixa de direção mais compacta, projetada pela equipe para proporcionar relação mais adequada do sistema de direção e permitir agilidade durante as manobras, a manga de eixo foi fabricada em alumínio, que permitiu reduzir a massa não suspensa do veículo, o sistema de suspensão também está sofrendo alterações e recebe agora um novo conjunto de amortecedores fabricados em alumínio que são mais leves e possuem maior curso de trabalho comparado aos anteriores, estes componentes também permitem calibragem da pressão de trabalho o que permite alterar a resposta do sistema a cada tipo de terreno com isso a equipe pretende melhorar  consideravelmente a performance do veículo em pista. 

A preparação está em pleno andamento e a expectativa da Equipe para a estreia na Nacional é otimista. “A nossa primeira participação na Etapa Nacional da competição é, sem sombra de dúvidas, um marco na história da equipe, que considerou propício o momento dado os nossos últimos resultados nas Etapas Regionais anteriores. Pretendemos buscar destaque como equipe estreante e temos trabalhado ao longo das férias para esse fim”, afirmou a Equipe.

"Apesar de nova, a equipe Pato BAJA, está abrindo espaço entre as grandes equipes. Já temos um primeiro lugar nas provas da competição regional, no ano que passou tivemos o privilégio de ficar entre as poucas equipes que concluíram a prova de enduro, que sem sombra de dúvida é a mais difícil da competição, e agora estamos nos preparando para estrear na competição nacional. A família Pato Baja (é assim que nos tratamos) sonha com essa competição há um bom tempo, agora sentimos que estamos preparados e vamos com “sede” galgar espaço entre as 88 equipes inscritas”, declarou Jovani Cossa, capitão da Equipe.

Atualmente, a Equipe Pato BAJA conta com 35 membros, além dos colaboradores, sendo: Professor Diego Rossetto (Orientador), Jovani Cossa (Capitão para Baja SAE BRASIL), Yuri Calzavara e Fábio Roque (pilotos), e os acadêmicos, do 2º ao 9º período dos cursos de: Engenharia Mecânica - Alon Sgarbossa, Ana Volff, Andre Luft, Andrei Vivian, Fabricio Zimmermann, Fernando Begnini, Fernando Morlin, Gabriel Volpato, Guilherme Polachini, Gustavo Bastos, Halan Borsatto, Henrique Artuzo, Jean Carlos dos Santos, João Luiz Alves, Lucas Dobkowski, Marcos Vinicius Aguiar, Mateus Lumbreras, Matheus Fernandes, Mychel Sandri, Pedro Lopes, Thiago Pacheco, Victor Mourato, Vitor Fujii e Wagner Goettems; Engenharia Elétrica - Abner Guimarães, Gustavo Fausto, Marcos Tullio, Monalisa Jabuinski e Murilo Marques; e Engenharia Civil - Julia Biezok e Taislaine Costa.

As três instituições de ensino que alcançarem as melhores pontuações na soma geral de todas as provas poderão representar o País na Baja SAE Kansas (EUA), que será realizada de 25 a 28 de maio, em Pittsburgh (Pensilvânia).

O desenvolvimento do projeto conta com apoio de empresas parceiras, a saber: 3E Fogões, Comin Indústria Metal Mecânica, English Office, Fersul Fundição, Funditech Fundição de Alumínio, Hora D Representação de Polímeros, Mecânica PASA, Pretryaço, P Pneus Auto Center, Rozimbo, ST Usinagem, Usiplast e Viganó Máquinas e Equipamentos.

 Equipe Pato Baja REDIMENSIONADA.jpg

Equipe Pato BAJA

 

Atualizado em 16/02/2017

Assessoria de Comunicação (ASCOM)

Acompanhe as notícias do Câmpus Pato Branco também no Facebook

Ações 

 

Ações do documento