Aviso: Você está visitando a nossa página antiga, por isso algumas informações podem estar desatualizadas.

Para saber mais sobre a Instituição, acesse o novo Portal da UTFPR

Você está aqui: Página Inicial patobranco Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias 2017 Março 23ª Baja SAE Brasil

23ª Baja SAE Brasil

Melhor Tração e Melhor Equipe do ano são da Equipe Pato BAJA
23ª Baja SAE Brasil

Na pista da 23ª BAJA SAE, o Taurus sendo pilotado pelo acadêmico Yuri Calzavara

A Equipe Pato BAJA, representou a Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) – Câmpus Pato Branco, na 23ª Competição de Baja SAE Brasil, realizada de 09 a 12 de março, em São José dos Campos (SP).

A competição reuniu cerca de 1,8 mil estudantes, de mais de 80 instituições de ensino superior de Norte a Sul do País, divididos em 88 equipes.

Pela primeira vez participando da etapa nacional, a Pato BAJA obteve resultados que superaram as expectativas. Com o protótipo Taurus conquistou o 18º lugar geral na Competição e o 15º lugar no enduro, prova final da competição que testa a resistência do carro durante quatro horas.

Embora sendo uma equipe estreante na etapa, vários aspectos do veículo e as melhorias realizadas no mesmo, desde a última participação em competição regional, asseguraram o prêmio de Melhor Tração. Nesta prova os protótipos são testados quanto à capacidade de tração, especificamente, que consiste num dispositivo chamado “eliminator skid” (trenó), que é engatado ao ponto de reboque traseiro, e conforme o veículo se move, o lastro deste trenó desliza progressivamente para frente. Este lastro deslizante vai gradativamente aumentando a carga a ser vencida pelo veículo. Uma vez que o trenó para de se movimentar, a avaliação está encerrada. Cada equipe tem direito a duas tentativas.

Além destes resultados, a performance geral do veículo em pista, bem como da equipe, sagrou-os com o primeiro lugar como Melhor Equipe Novata do ano.

O coordenador do projeto, professor Diego Rossetto, avalia que “os ganhos obtidos pelos alunos vão muito além da competição”. É uma oportunidade a mais no desenvolvimento pessoal e profissional. O projeto contribui para formação técnica, onde desenvolve habilidades de trabalho em equipe, na qual metas previamente estabelecidas precisam ser alcançadas com prazos e recursos limitados, ou seja, situações que os alunos enfrentarão no cotidiano da sua atividade profissional.

Os desafios que antecederam a participação da Pato Baja na competição foram imensuráveis, mas a força de vontade, perseverança, companheirismo, determinação e espírito de vencer da equipe falaram mais alto. O que parecia um sonho distante para uma equipe do interior do estado do Paraná, tornou-se realidade e agora passamos a ser vistos com outros olhos”, destacou o coordenador.

Ainda neste ano a equipe irá participar de outros dois importantes eventos, em agosto o Interbaja, que será realizado em Londrina (PR) e em novembro a etapa da regional Sul do Baja SAE, em Passo Fundo (RS).

“Os desafios são imensos, temos muito a evoluir, a nossa principal meta a partir deste momento é melhorar nosso desempenho nas provas de projeto, se tivermos êxito neste quesito de avaliação, alçaremos vôos ainda mais altos nas próximas competições”, revelou Diego.

Por fim, “agradecemos o apoio de todos que nos ajudaram, nossa Universidade, nossos patrocinadores, nossos professores, alunos, família e comunidade em geral que nos ajudaram e muito para alcançarmos esse importante resultado”, enfatizou Diego.

A Pato BAJA é composta atualmente por 35 membros, sendo acadêmicos dos Cursos de Engenharia Mecânica, Engenharia Elétrica e Engenharia Civil, sob a orientação do professor Diego Rossetto. As inscrições para seleção de novos integrantes estão abertas e transcorrem até sexta-feira, dia 17 de março.

O projeto conta com apoio de empresas parceiras, a saber: 3E Fogões, Comin Indústria Metal Mecânica, English Office, Fersul Fundição, Funditech Fundição de Alumínio, Hora D Representação de Polímeros, Mecânica PASA, Pretryaço, P Pneus Auto Center, Rozimbo, ST Usinagem, Usiplast e Viganó Máquinas e Equipamentos.

Fabricação.JPG17240380_1247728818651239_2065551349640101101_o.jpg
Capitão Jovani Cossa, acompanhando Protótipo com Piloto Yuri Calzavara as provas Dinâmicas - Cópia.JPG Grid de largada, Guilherme Polachini - Mecânico de Pista  eYuri Calzavara -  Piloto.JPG
Protótipo Taurus Durante prova de conforto.JPG Protótipo em testes - Pato Branco PR.JPG
Da esquerda para direita UTFPR - Ponta Grossa - Gralha Azul; UTFPR - Curitiba - Imperador; UTFPR - Pato Branco - Pato BAJA; UTFPR - Cornélio Procópio - ProcoB - Cópia.jpg
17155831_1246151885475599_8940553163323366425_n.jpg 17264912_1247822401975214_8098594513616632961_n.jpg

 

Atualizado em 16/03/2017

Assessoria de Comunicação (ASCOM)

Acompanhe as notícias do Câmpus Pato Branco também no Facebook

Ações 

Ações do documento