Aviso: O site da UTFPR está sendo reestruturado. Você está visitando a nossa página antiga.

Neste momento de transição, algumas atualizações estão sendo realizadas na nova versão, disponível aqui

Histórico

O Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Tecnológica Federal do Paraná- UTFPR Câmpus Pato Branco, oferta o curso de Mestrado em Desenvolvimento Regional, iniciou suas atividades de ensino e pesquisa em março de 2010.

A elaboração do projeto do programa resultou de um processo de interação entre a UTFPR e a comunidade regional e vem se fortalecendo desde o início da década de 1990 por intermédio da atuação do Grupo de Pesquisa Centro de Pesquisa e Apoio ao Desenvolvimento Regional (CEPAD) e do Grupo de Pesquisa Aplicada em Tecnologia de Biomassa e Meio Ambiente (BIOMA), os quais dão sustentação ao PPGDR. Em função das repercussões dessa interação com a comunidade regional e da característica interdisciplinar do programa, a procura nos processos seletivos para a constituição das turmas sempre superou as expectativas do programa. Assim, foram 247 inscrições para 17 vagas na turma 2010, 185 inscrições para 22 vagas na turma de 2011, 169 inscrições para 24 vagas na turma de 2012, sendo três preenchidas com estrangeiros, 183 inscrições para 21 vagas na turma de 2013,  165 inscrições para 21 vagas na turma de 2014 e 143 candidatos para 21 vagas na turma de 2015 selecionados em 2014.

Durante o primeiro triênio, 2010 - 2012, o PPGDR teve duas linhas de pesquisa na Área de concentração Desenvolvimento Regional Sustentável, a saber: (1) Ambiente e Sustentabilidade, (2) Regionalidade e Desenvolvimento. No quadriênio 2013 – 2016, foi criada a terceira linha de pesquisa: (3) Educação e Desenvolvimento. A partir de 2017 o PPGDR passa a ter duas linhas de pesquisa: (1) Educação e Desenvolvimento, e (2) Regionalidade e Desenvolvimento.

A Linha de Pesquisa Educação e Desenvolvimento objetiva contribuir para a formação de agentes de desenvolvimento, planejadores e executores de projetos e programas socioambientais, bem como para a formação de educadores, visando ampliar competências no sentido da atuação interdisciplinar através do ensino e da pesquisa sobre distintos aspectos da educação formal e não formal em suas relações com contextos interculturais e com o desenvolvimento regional em bases sustentáveis.

A Linha de Pesquisa "Regionalidade e Desenvolvimento" investiga as dinâmicas socioeconômicas e ambientais do desenvolvimento regional, com estudos orientados no desafio da inovação, sustentabilidade e interdisciplinaridade, com ênfase nos atores, instituições, organizações e políticas públicas.

Portanto, atualmente o PPGDR oferta 24 vagas anuais. Essas vagas são divididas igualmente entre as duas linhas de pesquisa.

Ações do documento