Aviso: Você está visitando a nossa página antiga, por isso algumas informações podem estar desatualizadas.

Para saber mais sobre a Instituição, acesse o novo Portal da UTFPR

Você está aqui: Página Inicial toledo Estrutura do Câmpus Assessorias Assessoria de Comunicação Comunicação e Imprensa Notícias Acadêmico da UTFPR – Câmpus Toledo integra equipe vencedora da maratona Hackathon

Acadêmico da UTFPR – Câmpus Toledo integra equipe vencedora da maratona Hackathon

Acadêmico da UTFPR – Câmpus Toledo integra equipe vencedora da maratona Hackathon

À direita, Thiago Auler. Arquivo Pessoal

Universitários de toda a região participaram da Maratona Hackaton, promovida durante a Feira Internacioal de Ciência Aplicada, Invenções e Inovações (Innovacities), realizada de 20 a 22 de setembro em Toledo.

O acadêmico do curso de Engenharia da Computação, Thiago Auler Wideck, integrou a equipe vencedora da competição.

O desafio consistia na escolha de uma das dez dificuldades enfrentadas pelo setor de saúde da região Oeste do Paraná. “Nossa equipe selecionou o tema relacionado à comunicação com imigrantes, tendo em vista as dificuldades que esse grupo enfrenta em relação aos atendimentos voltados à saúde pública em nossa região”, explica o estudante.

 

O evento

A primeira edição do InnovaSaúde teve por objetivo o desenvolvimento de soluções tecnológicas, mobile, web e IOT, com código aberto e foco na saúde pública.

O InnovaSaúde é uma Maratona de Inovação voltada ao tema da Saúde Pública, que aconteceu durante a FEMAI - INNOVACITIES 2017. Foram três dias de um desafio de imersão em inovação em que os participantes compreenderam as causas e possíveis soluções para os problemas do processo da saúde pública e criaram soluções aplicáveis ao final do evento.
O evento foi divido em três partes. No dia 20/09, os participantes receberam capacitação sobre processos de inovação para ajudá-los a criar soluções melhores no curto período do desafio. Neste mesmo dia, profissionais e representantes de instituições ligadas à saúde no Oeste estiveram disponíveis aos participantes para apontarem as dificuldades e complicações da saúde pública da região. Já os dias 21 e 22 foram dedicados à fase de criação, em que os participantes elaboraram soluções técnicas para problemas da saúde pública na região Oeste do Paraná.

 

Atualizado em 27/09/2017

Ações do documento