Home
/
Comunicação
/
Fala Mulher
/
Saiba mais sobre o Projeto Fala Mulher

Saiba mais sobre o Projeto Fala Mulher

Publicado 6/13/2023, 6:38:05 PM, última modificação 2/16/2024, 11:00:13 AM

Fala Mulher é uma proposta da Reitoria da UTFPR, idealizada e produzida pela Diretoria de Comunicação (DIRCOM),  de um projeto simples, que objetiva implantar ações de divulgação, para comunidade interna e externa, do trabalho realizado pelas mulheres da Universidade Tecnológica Federal do Paraná das mais diversas áreas.

Serão promovidas lives, material de divulgação em geral nas diferentes ferramentas de comunicação da Instituição e das diferentes mídias brasileiras, releases e outros meios, mostrando a importância do trabalho das mulheres dos 13 campi para o caminhar diário e conciliando essa divulgação à experiência ímpar de cada profissional ou estudante na construção do fazer universitário nacional.

Além disso, o Fala Mulher pretende promover eventos com convidadas externas, a fim de ampliar o contato entre as mulheres atuantes em outras instituições, no Brasil ou no exterior, com as da Universidade Tecnológica brasileira. O projeto busca abranger servidoras (professoras e técnicas-administrativas), estudantes e terceirizadas, com foco em seu desempenho profissional.

Não só, mas principalmente...

10.590 mulheres estudantes de graduação, 1.445 estudantes de pós-graduação, 893 professoras, 594 técnicas administrativas,  283 profissionais terceirizadas é o grupo de mulheres que trabalham/estudam na UTFPR, para as quais é destinado prioritariamente este projeto.

Não somente para elas, mas também para qualquer outra pessoa que entenda a importância da visibilidade do trabalho das mulheres no contexto de uma grande Universidade.

Justificando o projeto...

Segundo dados do PNAD – IBOPE, de 2014, a diferença salarial entre homens e mulheres que realizam o mesmo trabalho durante o mesmo tempo varia de 24 a 34%, sendo que as mulheres recebem menos.

A Universidade é um exemplo de fonte de trabalho em que não se observa essa diferença, o que faz parte das características de honra desta instituição como prova de respeito e maturidade administrativa.

No entanto, ao se observar a questão de gênero nas eleições por liderança de gestão, os dados são intrigantes: dos treze campi da UTFPR, apenas em um, o de Guarapuava, uma mulher ganhou a eleição para Diretoria-geral, que, aliás, temos a alegria de ter conosco hoje aqui.

No maior campus da instituição, o campus Curitiba, composto por 16 departamentos, duas mulheres venceram as eleições para chefes de departamento, sendo os 14 outros escolhidos do gênero masculino.

Não cabe ao Fala Mulher analisar motivos que levaram a essa disparidade e nem tratar de valorização de gênero, mas sim apontar caminhos para que a mulher da UTFPR possa demonstrar o valor que já tem nesta instituição.

Entende-se a necessidade desse empenho como um incentivo ao destaque da atuação profissional do gênero, e consequente afirmação nas diferentes questões que envolvem a vida nesta Universidade Pública e, por conseguinte, o demonstrar para a sociedade, que sustenta esses trabalhos, que seu investimento é bem feito.

Assim, o Fala Mulher tem como objetivo ampliar e gerar visibilidade, para toda a sociedade, das ações das mulheres que trabalham/estudam na UTFPR.