Página Inicial
/
O Programa
/
Tecnologias computacionais aplicadas à produção agrícola

Tecnologias computacionais aplicadas à produção agrícola

Publicado 4/20/2017, 3:47:58 PM, última modificação 4/20/2017, 3:48:05 PM

Esta linha de pesquisa tem por objetivo o desenvolvimento de pesquisas relacionadas ao processo produtivo do sistema agrícola, compreendendo temas relacionados a fertilidade e manejo do solo e da planta, produção agropecuária e seus derivados, por meio da utilização de técnicas computacionais, como processamento digital de imagens, geoprocessamento, eletrônica, robótica, sensores (transdutores), bancos de dados geográficos e análise de dados. Busca-se por meio das técnicas computacionais aplicadas, desenvolver novas tecnologias e dispositivos que possam ser utilizados nesta cadeia produtiva, visando melhorar a segurança, diminuir o esforço humano e otimizar e/ou automatizar os processos de produção, buscando a diminuição do impacto ambiental causado pela prática agrícola. Como temas essenciais interdisciplinares relacionados a área de produção agrícola e que são focos desta linha de pesquisa, estão o entendimento da dinâmica do solo-água-planta, assim como da produção agropecuária por meio da genética e meio ambiente.

Relacionado a esta linha de pesquisa, os pesquisadores do PPGTCA, têm contemplado três subáreas de principal interesse:

1) Geoprocessamento e Sistemas especialistas para análise espacial de dados agrícolas:

A importância do setor agrícola nacional faz com que novas técnicas e tecnologias sejam inseridas no meio agrícola, visando o aumento da produtividade, diminuição de custos, bem como a redução do impacto ambiental causado pela prática agrícola. Este tema, prioriza o uso e o desenvolvimento de tecnologias computacionais que possam dar apoio a produtores rurais, de forma a manter a boa relação com o meio ambiente visando a sustentabilidade. Dentre os projetos pertencentes a este tema, estão o uso e desenvolvimento de softwares, utilização e construção de protótipos georreferenciados e automatização agrícola.

2) Inteligência Computacional aplicada à produção agrícola:

Objetiva-se investigar métodos e técnicas no escopo da inteligência computacional para auxiliar a resolução de problemas reais e no processo de tomada de decisão, focalizando principalmente os temas: Aprendizado de Máquina, Robótica e Processamento de Imagens. O foco principal do grupo é a construção de sistemas computacionais inteligentes capazes de realizar o aprendizado e/ou extração de conhecimentos e padrões automaticamente e de representar e manipular o conhecimento adquirido.

3) Tecnologias aplicadas ao manejo animal, vegetal e de solo:

 Tecnologias aplicadas ao manejo animal, vegetal e de solo visa ampliar os conhecimentos tecnológicos a fim de otimizar as relações vigentes na interface solo-planta-animal. Verifica-se a importância desta interface, considerando que o conhecimento das variáveis determinantes destas relações propicia a criação de ambientes sustentáveis, através do manejo, que venham a incentivar o uso de tais tecnologias.