Página Inicial
/
Notícias
/
Campo Mourão
/
Empreendedorismo e Inovação

Empreendedorismo e Inovação

Publicado 11/13/2020, 10:28:57 AM, última modificação 11/13/2020, 10:34:55 AM
Startups de Campo Mourão finalistas do Programa Centelha são de alunos da UTFPR-CM

Duas startups do município de Campo Mourão foram selecionadas para a fase final do Programa Centelha, do governo do Paraná. Ambas são formadas por alunos da UTFPR Câmpus Campo Mourão. São elas: IOHCARE   e Sangue Bom. As startups aprovadas receberão até 60 mil reais para execução do projeto.

IOHCARE é uma plataforma de telemonitoramento de pacientes em ambiente domiciliar, com o objetivo de fornecer mais segurança e qualidade de vida às pessoas por meio do acompanhamento dos sinais vitais em tempo real, através de monitores multiparamétricos próprios, não invasivos e vestíveis, conectados à rede. Fornecendo ainda suporte a Teleconsultas com Prontuário Eletrônico integrado.

Os integrantes do projeto são os alunos Eberton João de Matia e José Barreto dos Santos Junior, ambos do curso de Engenharia Eletrônica da UTFPR-CM, e o professor do curso de Engenharia Eletrônica da UTFPR-CM, André Luiz Regis Monteiro. 

A Sangue Bom é uma startup com foco em responsabilidade social para o maior engajamento, incentivo e fidelização de doadores de sangue, medula e práticas sociais. No App e Plataforma WEB do projeto, foi criada uma rede colaborativa integrando Hemonúcleo, doador e comércio. Participam da equipe do projeto, atualmente, os alunos da UTFPR-CM: John Marlon Carvalho Tonete, do curso de Engenharia Eletrônica, Yuri Ulisses dos Santos Baza, do curso de Ciência da Computação e Sérgio Correia da Silva, do curso de Engenharia de Alimentos.

O projeto nasceu em novembro de 2017, na primeira edição do "Empreende Week”. Em 2018 o projeto ficou entre os finalistas da 3ª edição do programa Geração Empreendedora - Desafio Paraná. Em 2019, a sturtup chegou à segunda fase do programa Sinapse de Inovações. Ainda em 2019 participamos da primeira fase do Programa Nestlé Beyond Food!.  Atualmente, o projeto passa por uma por uma restruturação, buscando prover novas tecnologias e manter o propósito da causa social. De acordo com os integrantes, no momento a equipe está trabalhando o modelo de negócio e reestruturando o aplicativo e o site.

O coordenador da Incubadora de Inovações Tecnológicas (IUT) da UTFPR-CM, prof. Genilson Patuzzo, destaca o apoio da instituição aos projetos dos alunos do Câmpus, dando o suporte necessário e prestando consultoria em vários níveis para que os alunos proponham seus projetos.