Homenagem

Publicado 10/4/2019, 3:07:25 PM, última modificação 10/4/2019, 4:04:47 PM
Servidores do Câmpus Campo Mourão recebem homenagem pelos 30 e 35 anos de serviços prestados na UTFPR

Dois servidores técnicos-administrativos do Câmpus Campo Mourão receberam, nesta semana, das mãos do diretor-geral do Câmpus, professor Heron Oliveira dos Santos Lima, o certificado de homenagem referente ao período dedicado aos serviços prestados na UTFPR: Osmar Pereira Gomes Filho, que está há 30 anos como servidor efetivo da UTFPR e Edemilson Luiz Siqueira, que completou 35 anos como servidor da instituição. Ambos ocupam o cargo de assistente em administração.

Osmar Pereira Gomes Filho entrou na instituição em 1987, em Curitiba, como CLT, e tornou-se efetivo em 1989, quando foi aprovado em concurso público. No ano 2000 veio transferido de Curitiba para Campo Mourão e atualmente desenvolve suas atividades na Biblioteca do Câmpus.

Edemilson Luiz Siqueira ingressou como servidor efetivo da UTFPR em 1984, também em Curitiba. O servidor relata que começou como office-boy, no setor de compras e, posteriormente, trabalhou no almoxarifado daquele Câmpus. Mais tarde foi convidado para trabalhar no Câmpus Cornélio Procópio, aceitou o convite e trabalhou lá durante dois anos. Na sequencia, foi convidado para  vir para Campo Mourão, onde está até hoje.

 A história do servidor Edemilson confunde-se com a história do Câmpus Campo Mourão. Edemilson é o único servidor técnico-administrativo que está aqui desde a implantação do Câmpus, em 1995, ainda como Unidade Descentralizada do Cefet-PR. No Câmpus, ele assumiu, inicialmente, a Diretoria de Orçamento e Gestão que, depois, foi transformada em Gerência de Planejamento e Administração. Atualmente, o servidor desenvolve suas atividades no Herbário do Câmpus.

Edemilson lembra que, no início, havia somente dois professores e um servidor técnico-administrativo (ele próprio) que eram efetivos no Câmpus. Os demais servidores, docentes e técnicos, eram contratados via convênio entre a União, o Estado e o Município de Campo Mourão. A estrutura do Câmpus era bastante precária. No segundo ano de funcionamento, os departamentos administrativos passaram a funcionar dentro do ginásio de esportes, com divisórias feitas com tapumes. “Tínhamos que trabalhar ao lado da quadra e isso envolvia conviver com boladas nas paredes e barulho de apitos dos professores de educação física o tempo todo, além das pombas que invadiam o ginásio sobrevoando nossas cabeças.”, recorda Edemilson. Mas, apesar das dificuldades inicias, que Edemilson lembra com muito bom humor, ele destaca o crescimento do Câmpus e a satisfação em fazer parte dessa história. “Foi uma bênção de Deus eu ter vindo para Campo Mourão. Gosto muito dessa cidade e trabalhar aqui na UTFPR é uma maravilha”, completa Edemilson. 

Departamentos da UTFPR-CM dentro do Ginásio Belin Carolo (1996)

Reportar erro