Home
/
Notícias
/
Curitiba
/
Amigos dos Jardinetes cuidam de pequenas áreas verdes

Amigos dos Jardinetes cuidam de pequenas áreas verdes

Publicado 6/12/2023, 9:55:58 AM, última modificação 6/13/2023, 4:04:34 PM
Equipe do projeto zela pelos espaços públicos de Curitiba

Largo da Galícia, no bairro Bigorrilho, é um dos jardinetes cuidados pelo projeto (Foto: Simone Crocetti).

O Amigos dos Jardinetes é um projeto de extensão desenvolvido na UTFPR campus Curitiba que colabora com o cuidado de pequenas áreas verdes da cidade. O projeto visa colaborar com a manutenção dos pequenos espaços verdes da capital paranaense, envolvendo a comunidade acadêmica e a comunidade externa. 

Com início em março de 2022, o  Amigos dos Jardinetes nasceu da vivência da professora Simone Crocetti na zeladoria das salas do Departamento Acadêmico de Eletrônica (DAELN). Ela montou um time de alunos voluntários para contribuir com o cuidado dos espaços. "Percebi que os estudantes tinham orgulho de contribuir com a universidade. Assim, ao observar que Curitiba tem cerca de mil pequenas áreas verdes, pensei que os estudantes também gostariam de exercer a cidadania, auxiliando o poder público. A nossa prefeitura tem um setor estruturado de praças, mas pela quantidade fica difícil verificar todas as situações", relembra.

Neste ano, o projeto foi associado à disciplina de Conceitos Ambientais Aplicados às Tecnologias Digitais da Informação e Comunicação (TDIC), do curso de Tecnologias em Sistemas de Telecomunicações. Segundo Simone, com isso os alunos unem os temas de sustentabilidade ao cuidado de um jardinete. "Neste semestre, devido à disciplina, vários estudantes estão olhando por pequenas áreas verdes de cidades da região metropolitana. Ainda quero estruturar mais como isso ocorrerá. Meu sonho é que todas as pequenas áreas verdes de Curitiba tenham um amigo. E que posteriormente, com o sucesso profissional dos estudantes, possam adotar o local", completa.

A equipe atual é interdisciplinar, composta por pessoas de várias áreas. "Cada pessoa se interessa por uma causa. São estudantes de engenharia eletrônica, sistemas de telecomunicações e engenharia ambiental. Também há duas pessoas da comunidade externa", esclarece Simone.

Participação e parceria

Para fazer parte do grupo, é necessário morar perto de uma pequena área verde pública que tenha significado para o participante. Após comunicar à professora de qual área vai cuidar, o futuro membro está vinculado ao projeto. O grupo é aberto a estudantes de todas as graduações e à comunidade externa, sem a exigência de nenhum conhecimento específico.

O Amigos dos Jardinetes tem um convênio com a Mãozinha Verde, uma agência de sustentabilidade. A parceria promove, no último sábado de cada mês, uma roda de conversa. "Entre os vários projetos desenvolvidos em parceria, há o #Regenera, que visa incentivar as empresas a adotarem pequenas áreas verdes públicas, conforme permitido por lei",  explica Simone. "Os Amigos de Jardinetes podem ser vistos como um passo antes da adoção. Porque enquanto a adoção requer assumir os custos da área verde, ser amigo [por meio do projeto] requer apenas um olhar amoroso ao local, relatando os problemas para a prefeitura".