Home
/
Notícias
/
Curitiba
/
Pesquisadora investiga o que gera satisfação nos bairros

Pesquisadora investiga o que gera satisfação nos bairros

Publicado 5/10/2023, 11:39:11 AM, última modificação 5/11/2023, 5:34:35 PM
Doutoranda avalia relação entre aspectos urbanos e a percepção dos moradores

Ruas do centro de Curitiba (Foto: Walter Bach).

A satisfação com o bairro onde se mora passa por vários fatores, dos serviços disponíveis à qualidade das ruas, além de políticas públicas executadas sem o aval da comunidade. Esses temas fazem parte da pesquisa da aluna Aline Ramos Esperidião, doutoranda do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Civil (PPGEC) do campus Curitiba da UTFPR, intitulada "Análise das relações não-lineares (assimétricas) entre atributos do meio urbano e a satisfação com o bairro".

A doutoranda conta que “a pesquisa identifica as prioridades para a melhoria dos bairros a partir da percepção dos usuários, pois muitas vezes as políticas públicas são implantadas sem a participação da sociedade”. Conforme ela afirma, “pretende-se destacar onde os planejadores devem concentrar seus esforços, de forma que os recursos financeiros sejam aplicados efetivamente”.

A pesquisa considera características obrigatórias no meio urbano e as que podem torná-lo mais atrativo. “O comportamento não linear se refere aos fatores que causam insatisfação quando não existem, mas não causam satisfação quando estão presentes. Algumas características podem satisfazer quando excedem as expectativas, mas não causam insatisfação quando estão abaixo do esperado”, explica Aline.

Segundo a pesquisadora, os resultados iniciais têm demonstrado que todos os fatores investigados têm importância na amostra. Entre as informações observadas, itens básicos estão ligados aos cuidados ambientais, o que indica fatores a serem melhorados na cidade. “Minha pesquisa de mestrado explorou a satisfação residencial, que envolve vários elementos da habitação e do bairro a partir da percepção e das expectativas dos moradores”, ela explica. O tema da pesquisa de doutorado é uma continuação desse caminho.

Aline esclarece que “a pesquisa aborda tais associações por meio de análises multivariadas, envolvendo a satisfação com o meio urbano e diversos fatores, como transporte e circulação, manutenção de espaços públicos, oferta de serviços, aspectos ambientais, entre outros”.


Pavimentando o caminho dos estudos

Aline Esperidião continua a caminhada no doutorado como parte de um aprendizado dentro da engenharia. “Minha graduação em engenharia civil foi na Universidade Estadual de Ponta Grossa (UEPG), mas antes disso fiz ensino médio na UTFPR Ponta Grossa, portanto a UTFPR sempre esteve presente em diferentes fases da minha vida”, diz.

A pesquisa de Aline continua um caminho iniciado no mestrado (Foto: arquivo pessoal).

Aluna do PPGEC desde 2018, ela pavimentou os estudos em etapas: “Eu já conhecia a qualidade do ensino na UTFPR, por isso ingressei como aluna externa, durante um ano, para conhecer melhor a pós-graduação stricto sensu”. Aline se formou no mestrado do PPGEC e agora faz o doutorado no mesmo programa.

Conhecer o corpo docente e as linhas de pesquisa foi um passo fundamental em suas escolhas. “Conheci ótimos professores e me interessei pela linha de pesquisa Gestão e Sustentabilidade da Construção, então decidi participar do processo seletivo. No ano seguinte, com meu orientador, pude aliar a pesquisa acadêmica ao meu ambiente de trabalho”, ela completa.

Os passos de Aline começam e continuam na UTFPR. “Acredito que a Universidade me proporcionou entender a importância da pesquisa científica, desenvolvendo um pensamento crítico. Além disso, é um ambiente propício para realizar contatos, fazer novas amizades e conhecer diversas pesquisas em andamento”.

Reportar erro