Home
/
Notícias
/
Dois Vizinhos
/
PRODUÇÃO ORGÂNICA

PRODUÇÃO ORGÂNICA

Publicado 5/3/2023, 11:36:32 AM, última modificação 5/3/2023, 11:48:10 AM
Tese de doutorando desenvolvida na UTFPR-DV poderá servir de modelo para os produtores orgânicos de grãos e para agricultores que buscam realizar uma agricultura mais conservacionista.

Tese de doutorando desenvolvida na UTFPR-DV poderá servir de modelo para os produtores orgânicos de grãos

A Universidade Tecnológica Federal do Paraná, Campus Dois Vizinhos conta desde o ano de 2017 com o Grupo de Pesquisa em Sistema Plantio Direto Orgânico, cadastrado no CNPq. E desde 2018 atua na Unidade de Ensino e Pesquisa (UNEPE) Orgânica de 9 ha, onde vêm sendo realizados estudos voltados a identificar tecnologias para a produção de grãos orgânicos com foco em plantas de cobertura, rotações de culturas, manejo biológico, fertilidade, sistemas agroflorestais, plantas alternativas e promissoras, entre outros temas da produção orgânica.

Como resultante de um dos trabalhos desenvolvidos, realizou-se no dia 26 de abril, nas dependências da UTPFR Campus Dois Vizinhos a defesa da Tese de Doutorado de Maicon Reginatto, intitulada como: “SISTEMA PLANTIO DIRETO ORGÂNICO: Rotações de Cultura e Controle Mecânico de Plantas Espontâneas no Sudoeste do Paraná”. A tese resulta de modelos de rotações de culturas, sua resposta na produtividade e na viabilidade econômica das culturas comerciais na produção orgânica, bem como a validação de um controle mecânico de plantas espontâneas em Sistema de Plantio Direto Orgânico.

Participaram da banca de defesa o professor Dr. Paulo Cesar Conceição, como orientador e presidente da banca, a professora Drª Edleusa Pereira Seidel da Unioeste, o professor Dr. Benjamin Osório Dias Filho da UERGS, o professor Dr. Laércio Ricardo Sartor da UTFPR e a Drª Caroline Amadori.

O doutorando apresentou um debate em torno de alguns conceitos utilizados dentro da produção orgânica e sustentável, os quais deram um embasamento teórico para o Sistema Plantio Direto Orgânico. No estudo de Caso 1, ocorreu debate sobre a avaliação do desempenho das culturas comerciais e das plantas de cobertura sobre diferentes rotações de culturas em sistema plantio direto orgânico. No estudo de Caso 2, debateu-se a validação de um sistema de controle mecânico das plantas espontâneas, a partir da parceria público privada com a Empresa Gebana Brasil via um Acordo de Cooperação Técnica entre a empresa e a Universidade Tecnológica Federal do Paraná por intermédio do CNPq no programa de Doutorado Acadêmico de Inovação (DAI/CNPQ).

Desta forma, o trabalho defendido pelo doutorando poderá servir de modelo tanto para os produtores orgânicos de grãos, bem como para aqueles agricultores que buscam realizar uma agricultura mais conservacionista e que buscam fazer uma transição do modelo convencional de produção para o sistema orgânico. Porém, a adoção dos modelos de rotações de culturas propostos dependerá de uma mudança de concepção por parte dos agricultores de como fazer uma agricultura sustentável, buscando uma diminuição no uso de insumos externos e produzindo mais e com melhor qualidade.

 Na foto o doutorando e a banca de defesa da tese (presencial e on-line)