Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Geral > Covid-19 > Pesquisa monitora movimento de aviões antes e depois da pandemia
conteúdo

Notícias

Pesquisa monitora movimento de aviões antes e depois da pandemia

Prêmio Internacional

publicado: 08/06/2020 11h30 última modificação: 15/06/2020 17h11
Imagens de satélite do aeroporto Charles de Gaulle, França

Imagens de satélite do aeroporto Charles de Gaulle, França

Uma pesquisa realizada pelo professor do Departamento Acadêmico de Informática (Dainf) do Câmpus Curitiba, Rodrigo Minetto, foi uma das vencedoras do prêmio da Agência Espacial Europeia (ESA), como melhor  ideia da semana e do mês, realizado em abril deste ano. A competição foi organizada pela ESA, em coordenação com a Comissão Europeia, na edição especial do Custom Script Contest, para suporte de ativos espaciais durante a crise da Covid-19, gerenciada pelo grupo Euro Data Cube.

O objetivo é buscar ideias sobre como os dados de satélite podem ajudar a monitorar situação dos países nos próximos meses, enquanto o mundo se organizará para voltar à normalidade. 

Além de Minetto, as pesquisas são feitas pelos professores Sudeep Sarkar e Maurício Pamplona, da Universidade do Sul da Flórida (USF). O grupo estuda, desde 2017, a classificação de regiões em imagens de satélite e, para esta competição, avaliou o movimento de aviões antes e durante a pandemia.

A maioria dos governos adotou medidas rigorosas para conter a propagação do vírus e proteger seus cidadãos. Isso teve efeitos significativos na logística da cadeia de viagens e suprimentos, trazendo consequências econômicas aos países.

Segundo o professor Minetto, um ponto extremamente importante da pesquisa foi que conseguiram detectar não só os aviões parados, mas também os aviões em movimento. A observação avaliada foi feita entre o período de janeiro de 2018 até abril de 2020, no aeroporto Charles de Gaulle - França.

“A detecção é feita por algoritmos de machine learning que são treinados em computadores de alta performance para dada uma imagem de satélite localizar de forma automática os alvos que você tem interesse”, explica o pesquisador.

Com os levantamentos, comparando os períodos antes e depois da pandemia, é possível criar índices de atividade econômica para auxiliar e monitorar a situação junto aos poderes públicos. No aeroporto francês, por exemplo, o grupo identificou uma média de 10 aviões em um dado momento antes da pandemia e, durante a pandemia, a média caiu para dois.

A premiação desta competição foi de 2 mil euros e, além disso, o estudo será apresentada à Comissão Europeia no dossiê que a ESA está preparando como suporte à situação da Covid 19 na União Europeia.

Prêmios

Além do prêmio da Agência Espacial Europeia, o grupo foi premiado como o terceiro lugar na competição Functional Map of the World, organizada pela Intelligence Advanced Research Projects Activity (Iarpa), órgão de inteligência do governo dos Estados Unidos; e também com o terceiro lugar mundial na competição chamada xView, para detecção de alvos móveis em imagens. As duas foram realizadas em 2018.