Home
/
Notícias
/
Últimas notícias
/
Engenheiro 3i finaliza projeto de Ateliê de Projeto Internacional

Engenheiro 3i finaliza projeto de Ateliê de Projeto Internacional

Publicado 7/2/2018, 3:32:52 PM, última modificação 7/4/2018, 9:19:02 AM

O Programa Engenheiro 3i, realizado pela UTFPR em parceria com a Universidade de Tecnologia de Compiègne (UTC), na França, realizou no último 28 a apresentação final do piloto da disciplina Ateliê Projeto Internacional, realizado por alunos da primeira turma do Programa. 

Trabalho da disciplina de Ateliê de Projeto Internacional foi apresentado no Câmpus Curitiba no último mês de junho (Foto: Decom)

O projeto foi acompanhado pela Renault e teve como tutor o ex-vice-presidente da Renault do Brasil, Alain Tissier. A atividade na UTFPR foi conduzida pelo professor Gilson Yukio Sato e executada pelos alunos Tainara Caroline Carloto (Engenharia Mecânica), Guilherme Turezzo (Engenharia Mecânica) e Nicolas Moreira Branco (Engenharia Elétrica). No fim deste mês de julho, os três alunos viajam para um período de intercâmbio na UTC, onde irão desenvolver atividades na Universidade e em empresas francesas. O projeto contou ainda com auxílio da aluna do curso de Doutorado do Programa de Pós-Graduação em Tecnologia e Sociedade, Manuela Gortz. 

Segundo o coordenador do Programa, Décio Estevão do Nascimento, a importância do Engenheiro 3i está "na proposição de uma dinâmica inovadora de internacionalização do ensino de engenharia, envolvendo tanto atividades de 'internacionalização em casa' quanto a mobilidade internacional de seus discentes". "É mais ambicioso do que um intercâmbio normal de discentes", destaca. 

A apresentação do Ateliê de Projeto Internacional conclui a segunda etapa da primeira turma do Engenheiro 3i, que teve suas atividades iniciadas no último mês de março. A equipe do Programa é composta ainda pelos professores Bruno Iamamura e Eglantine Guely Costa.

Sobre o Programa

Constituído como um programa de formação complementar, o Engenheiro 3i tem como proposta proporcionar, aos estudantes de engenharia, competências reconhecidas, proporcionando-lhes uma evolução em um contexto industrial, inovador e Intercultural. "Acredita-se que com essas competências, os futuros engenheiros serão capazes de intervir, de modo rápido e eficaz, em empresas com vocação internacional, em desafios envolvendo a inovação tecnológica", comenta Nascimento.

Todo o conteúdo pedagógico do Programa está organizado em torno de um referencial de competências, co-construído e validado por parceiros acadêmicos e industriais da UTFPR e da UTC.