Home
/
Notícias
/
Últimas notícias
/
Tecnologia desenvolvida em pesquisa trará recursos para a UTFPR

Tecnologia desenvolvida em pesquisa trará recursos para a UTFPR

Publicado 3/3/2020, 9:16:55 AM, última modificação 10/31/2022, 9:58:07 AM

Uma tecnologia inovadora para produção de pavimento intertravado foi desenvolvida pelo Núcleo de Inovação Industrial (NII) do Câmpus Apucarana. Sob a coordenação dos professores Alesandro Bail e Murilo Moisés, com a participação do engenheiro civil Alexandre Amado de Moura, egresso do Programa de Pós-Graduação em Engenharia Ambiental (PPGEA), a produção é feita com adição de materiais pozolânicos (composto que possui sílica reativa) e resultou na assinatura do contrato de transferência de tecnologia entre a UTFPR e a empresa Blocos e Cia.

Reunião realizada para a assinatura do contrato de transferência de tecnologia

O documento foi firmado no último dia 18 com a participação da vice-reitora Vanessa Ishikawa Rasoto, do diretor-geral do Câmpus, Marcelo Ferreira da Silva, do diretor de Relações Empresariais e Comunitárias, Ronie Galeano, do diretor de Pesquisa e Pós-Graduação, Cosmo Santiago, e da diretora de Planejamento e Administração, Marcélia de Fátima Guimarães, além de demais servidores e representantes da Associação Comercial, empresários e servidores da prefeitura.

Os testes foram conduzidos diretamente na linha de produção da empresa Blocos e Cia e os resultados deram origem a um pedido de patente de invenção, depositado junto ao INPI pela UTFPR em regime de cotitularidade, em novembro de 2019. A alta resistência a compressão, equivalente ao produto convencional, e o forte apelo ambiental, devido a uma formulação que incorpora materiais antes descartados em aterros sanitários ou na natureza, tornaram a tecnologia altamente comercializável, chamando a atenção do proprietário da empresa.

Atualmente, a empresa está em fase de implementação do processo, adquirindo novos equipamentos e se preparando para a fabricação dos primeiros lotes, prevista para maio deste ano. Com o contrato de transferência de tecnologia, a UTFPR receberá repasses periódicos na forma de royalties calculados sobre o lucro da empresa ao comercializar o produto fabricado utilizando a tecnologia transferida.

Reportar erro