Home
/
Notícias
/
Londrina
/
Formação Superior

Formação Superior

Publicado 5/12/2023, 7:03:24 PM, última modificação 5/12/2023, 7:07:38 PM
Mãe e Filha viram na UTFPR uma oportunidade para mudar suas Vidas

Às vésperas do Dia das Mães, formatando um vídeo em homenagem as “Mães” do Campus Londrina, encontramos uma história que mostra que o amor e a ligação entre uma mãe e uma filha podem ir até para o mundo acadêmico. Foi exatamente isso que aconteceu com a Isabella Francielle Gomes Correa, do curso de Engenharia Química, que incentivou sua mãe Antônia Borges Gomes a voltar a estudar e, desta forma, se qualificar para fazer a diferença no mercado de trabalho.

A futura Tecnóloga em Alimentos conta que ingressou no curso de Tecnologia em Alimentos no segundo semestre de 2019, dois anos depois da sua filha Isabella. Ao ver a evolução da filha, seu amadurecimento, responsabilidade e a sua empolgação ao falar do curso, Antônia resolveu fazer do sonho da filha o dela também, e mesmo receosa, com medo do preconceito em relação a sua idade e de ter dificuldade na aprendizagem, por fazer muitos anos que não frequentava uma sala de aula, decidiu que queria entrar na Universidade, e assim, ter uma profissão. “O amor que nos liga me fez ter coragem e dar um passo em direção a este sonho”, destaca.

Ao falar sobre o primeiro dia de aula, Antônia lembra que a sua filha Isabella a levou até a sala de aula, para que ela se sentisse acolhida. Ela lembra que desde o princípio foi muito bem recebida não só pela turma, como pelos professores, e mesmo com algumas dificuldades, pelos incentivos recebidos, seguiu se dedicando aos estudos para minimizar as dificuldades. “Hoje já estou quase finalizando o curso, inclusive realizei também o estágio obrigatório em uma indústria, com sucesso”, celebra.

A escolha pela UTFPR de ambas, se deu por ser uma Universidade Pública Federal, o que transmitia a elas a segurança de poder estudar em uma Instituição que verdadeiramente pudesse fazer delas ótimas profissionais, com uma “bagagem recheada de sabedoria”, enfatizam.

A filha, Isabella, futura Engenheira Química, relata que o curso trouxe a ela um olhar analítico, sendo incentivada constantemente a proatividade. Ao falar sobre suas experiências no curso, a acadêmica conta, com orgulho, que foi uma das fundadoras do Centro Acadêmico do curso e foi Capitã do Projeto Gravidade Zero, da Engenharia Mecânica, aprendendo resolver problemas de forma eficiente, como aplicações de melhorias na indústria e entendimento de equipamentos. 

Hoje, além de mãe e filha, somos Universitárias com muita gratidão no coração, e podemos ajudar uma a outra em todos os momentos, e mesmo sendo um caminho árduo, busco incentivar outras pessoas a realizarem o seu sonho, afinal, nunca é tarde para se qualificar, e a UTFPR, por sua vez, pela formação de excelência que oferece, nos dá a chance de nos  tornamos grandes profissionais, a altura do mercado que trabalho”, conclui.

Reportar erro