Notícias
/
Londrina
/
Semana do Meio Ambiente

Semana do Meio Ambiente

Publicado 6/8/2020, 5:43:49 PM, última modificação 6/8/2020, 5:49:44 PM
Evento online alusivo ao Dia Mundial do Meio Ambiente supera Expectativas

O evento alusivo ao dia mundial do meio ambiente, promovido no final da semana passada, entre os dias 04 e 06 de junho, superou as expectativas dos organizadores. O WebinarImpactos dos Resíduos Sólidos na Biodiversidade”, promovido pela Comissão de Gestão de Resíduos Sólidos, da UTFPR Câmpus Londrina, também contou com duas oficinas práticas.

Na Webinar proferida pelos pesquisadores Carlos Rodrigo Brocardo (Instituto Neotropical) e Camila Domit (UFPR), no dia 05, o número de inscritos chegou a 125, sendo esses advindos de mais de 40 cidades brasileiras e de Portugal.

As oficinas “Transformação de Caixas de Papelão em Caixas Organizadoras” e “Confecção de Fantoches com Material Reciclável e Contação de Histórias” realizadas respectivamente nos dias 04 e 06, também tiveram uma boa repercussão, sendo que na última, por meio da contação da história "Caco: o macaco solitário e solidário", dez crianças, de diferentes cidades dos estados do Paraná e Santa Catarina, acompanhadas de seus pais ou responsáveis, puderem refletir sobre a importância da coleta seletiva solidária, do impacto dos resíduos sólidos na biodiversidade e da importância de cada um na promoção de um mundo melhor.

Para a Profa. Tatiane Cristina Dal Bosco, presidente da Comissão de Gestão de Resíduos Sólidos do Câmpus, a promoção do evento na modalidade online foi extremamente positiva, possibilitando o alcance de um público de diversas localidades do Brasil e até do exterior, “o que seria difícil, caso o evento fosse presencial”, ressaltou.

A diversidade das ações solidárias realizadas em cumprimento ao pedido da comissão no ato da efetivação da inscrição, também chamaram a atenção da comissão organizadora, pois os participantes realizaram ações que incluíram, por exemplo: doações de roupas,  alimentos, máscaras e de produtos de higiene; atendimento a necessidades de idosos; preparo de alimentos para pessoas em situação de rua; produção de mudas para plantio de árvores; eliminação de focos de mosquitos da dengue; oferta de cursos à comunidade; coleta de resíduos nas praias; cuidados com animais abandonados, etc.

A docente agradece aos palestrantes por terem abordado de forma tão rica questões que circundam a gestão dos resíduos sólidos na perspectiva da biodiversidade. Aos estagiários da Comissão, que apoiaram toda a organização do evento e ministraram as oficinas, também proferiu elogios, dado ao comprometimento e trabalho desenvolvido por todos.